O ANTICRISTO

 

 

BÊNÇÃO ESPECIAL  

 

Editorial do dia 8 de Março de 2015  

 

Nesta Página da Amen, pode encontrar a abordagem do Tema Global sobre o

O ANTICRISTO

ÍNDICE 

 Quem é o anticristo

Os precursores do anticristo

 Os objectivos e estratagemas do anticristo

Os cinco grandes Objectivos do anticristo

Os grandes Estratagemas do anticristo

Confronto entre o que o anticristo promete, e o que fará

O Master Plan para destruir a Igreja

 A manifestação do anticristo

 O anticristo nas Sagradas Escrituras

 O anticristo nas Revelações Privadas

O anticristo nas Profecias antigas

O anticristo nas profecias do Arcebispo Fulton Sheen, em 1950

O anticristo nas Mensagens ao Padre Gobbi

O anticristo nas Mensagens ao Juan Antonio Gil

O anticristo nas Mensagens a Maria Valtorta

 Conclusões sobre o Perfil do anticristo

 

 

 Quem é o anticristo

Cristo, palavra etimologicamente derivada do grego, significa o Ungido, e é sinónimo, na Religião Católica, de Salvador ou Messias.

Não se pode confundir o termo de “um anticristo” com “o anticristo”. Um anticristo é uma designação genérica de todo aquele que se opõe à Doutrina de Jesus Cristo. O anticristo é uma pessoa, um homem, que se oporá a Jesus Cristo e à Sua Igreja, na tentativa de a destruir.

O anticristo não é uma invenção dos que deliram com teorias da conspiração ilusórias, mas sim um homem real, malévolo, inteligente e poderoso, o maior de todos os conspiradores contra Deus e contra a Sua Igreja.

Grandes Santos, Doutores e Padres da Igreja falaram largamente do anticristo, seguindo as pegadas de São Paulo nas suas Epístolas e São João Evangelista no Apocalipse.

Apocalipse 13,18

18 Eis aqui a sabedoria! Quem tiver inteligência, calcule o número da besta, porque é número de um homem, e esse número é seiscentos e sessenta e seis.

 

O anticristo é, pois, um homem poderosíssimo que vive actualmente nos tempos do fim, (deve ter nascido por volta de 1950) totalmente imbuído do espírito de satanás, um homem totalmente possuído pelo demónio, com todo o poder de Lúcifer, que já está em acção há muitos anos, e manifestar-se-á publicamente para todo o mundo, fazendo uma Declaração para toda a humanidade, que se fará passar por Deus, far-se-á adorar como tal, declarando-se o verdadeiro Cristo, o tão esperado messias do Judaísmo, que os judeus ainda hoje em dia tão ansiosamente esperam. Ele controlará o mundo durante um período de aproximadamente 3 anos e meio. Será vencido por Jesus Cristo e São Miguel Arcanjo, e lançado no Inferno de onde não mais sairá.

O anticristo, a besta do Apocalipse, poderá muito bem ser o Maitreya, que vive, segundo consta, entre Londres e Agartha, o maior centro de satanismo mundial. No entanto, ainda se encontra incógnito do grande público, mas é o chefe máximo da Maçonaria internacional e mentor da Cabala Judaica.

Maitreya

Tem de se ter consciência de que não se pode falar do Anticristo, do Judaísmo, da Cabala Judaica, e da Maçonaria, sem ter a noção que constituem um bloco solidário, que trabalha em conjunto e incessantemente, para fazer perder a Fé dos homens em Deus, destruir a Igreja Católica e levar o maior número de almas para o Inferno!

Releiam-se os pontos 16º,17º e 18º da página do Judaísmo sobre a Cabala Judaica:

16º - Afastados de Deus e nas mãos do diabo, não era para eles suficiente terem matado Jesus. Era também imperioso destruir a Sua Igreja, a única e Verdadeira Igreja criada por Deus, a Igreja Católica. Inspirados e totalmente dominados pelo demónio, urdiram o plano, a partir daí, de conceberem falsos ensinamentos para controlarem o mundo e destruírem a nascente Igreja Católica.

Mistica Cidade de Deus - MCD-1-123; MCD-3-299; MCD-3-563 

MCD-1-123 123 - "Nisto, dizia Lúcifer, temos de trabalhar, servindo­-nos de todas as nossas forças, cuidado e ciência; submeteremos as criaturas humanas à nossa lei e vontade, para as destruir; … (seguiu-se aqui a descrição de todas as manhas que o demónio iria usar para condenar a humanidade.) … sepultá-los-ei neste fogo eterno e nos lugares de maiores tormentos aqueles que mais se ligarem a mim. Este será o meu reino e o prémio que darei a meus servos.

MCD-3-299 299 - … Levantemos perseguição contra os fiéis, que para isto está de nosso lado todo o Judaísmo, irritado contra esta nova Igreja do Crucificado. Por meio dos pontífices e fariseus, conseguiremos tudo o que intentamos contra estes fiéis, e então voltarás tua sanha contra essa Mulher inimiga. Aprovou Lúcifer este conselho, dando-se por satisfeito com a proposta dos demónios. Ficou combinado que iriam destruir a Igreja por mão de outros, como haviam tentado por meio de Saulo. …

MCD-3-563 563 - O último dos quatro Evangelistas a escrever seu Evangelho foi o apóstolo São João, no ano cinquenta e oito do Senhor. Escreveu-o em grego, estando na Ásia Menor, depois do glorioso trânsito e Assunção de Maria, contra os erros e heresias que o demónio, como(Cf. supra n. 522), acima disse , logo começou a semear. Estes erros visavam principalmente destruir a Fé na Encarnação do Verbo Divino, porque tendo esse mistério humilhado e vencido Lúcifer, este pretendeu logo atacá-lo com os projécteis das heresias. Por este motivo, o evangelista São João escreveu, com maior elevação e mais argumentos, para provar a real e verdadeira divindade de Cristo nosso Salvador, excedendo nisto os outros Evangelistas.

17º - Foi de todos estes acontecimentos que se formou o virulento e odioso embrião do qual veio a nascer a Cabala Judaica. Um conjunto de ensinamentos esotéricos, isto é, interpretações filosóficas  que pretensamente desvendam o sentido oculto das coisas, inspirados por satanás, mas que, na prática, substituem a Revelação Divina e estabelecem uma falsa relação entre um falso deus e o homem.

18º - Foi assim que a Cabala Judaica se tornou no núcleo e força oculta que comanda a Maçonaria nascida no século XVIII.

Fica, assim, explicado como o ódio que os judeus nutriam por Jesus, se perpetua no ódio que a Maçonaria nutre pela Igreja de Cristo. E da mesma forma que os Judeus mataram Jesus, o principal objectivo da Maçonaria é o de destruir a Igreja Católica. Esse ódio é transmitido dos judeus contemporâneos de Jesus para os seus descendentes cabalistas, e é gerado pelo afastamento de Deus do Judaísmo, e fomentado e inspirado pelo próprio Lúcifer.

Pelo que conhecemos, hoje em dia, da Maçonaria, e interpretando correctamente a Roda Maçónica, vemos que no seu centro e no topo do poder se encontram as letras “L.T.” que segundo a interpretação revelada no artigo da Revista Le Sourire de Marie, significam -  Luci(fer)s Trust, e que habitam num local escondido do mundo, Agartha.

 Agartha é o Centro subterrâneo da Maçonaria Mundial, conhecido só nos meios restritos dos altos iniciados de cada época histórica, que fazem por merecer tomar o seu conhecimento. É em Agartha que vive a autoridade espiritual mundial secreta, uma Sinarquia, que controla todos os poderes ocultistas mundiais. No topo desta Sinarquia encontra-se o Rei do Mundo, de que falou o gnóstico maçon René Guénon no seu livro “O Rei do Mundo”, o legislador primordial, universal, cujo lugar tenente é o “Instrutor Mundial”, normalmente designado por Maitreya.

Segundo Serge Hutin, historiador da maçonaria e membro AMORC (Fraternidade dos Rosa Cruz) ele aponta para uma localização possível de Agartha, algures no Tibete ou Índia “sob a montanha mais alta do mundo”.

Assim sendo, é impossível deixar de relacionar este centro subterrâneo da Maçonaria com a localização do Inferno no centro da Terra, e com os recentes terramotos nos Himalaias, ocorridos em Maio de 2015.

Roda Maçónica - Organização interna da Maçonaria

Para ler sobre a chave de interpretação desta Roda Maçónica, ler o seguinte artigo:

Le Sourire de Marie nº 286  

Resumindo, temos no topo da Pirâmide Maçónica, o próprio Lúcifer, do qual manam as suas ordens, através da Cabala judaica, para os níveis inferiores que habitam Agartha, nomeadamente o Rei do Mundo, o Anticristo, o Maitreya, os líderes da maçonaria invisível, que por sua vez comunicam e comandam as Lojas, as quais têm os maçons fantoches cujos nomes são conhecidos do povo, maçons estes que vivem no aproveitamento das migalhas que lhes são distribuídas através das negociatas dos Partidos Políticos. Lojas e Partidos, ambos são subsidiados e recompensados secretamente pelo mundo da alta finança mundial.

O anticristo é de descendência judia, filho de uma ligação pecaminosa, e estabelecerá o seu quartel-general em Jerusalém.

Opor-se-á a tudo o que é Sagrado. Perseguirá todas as religiões e far-se-á adorar como o único deus. Debaixo da impiedosa perseguição que moverá, todas as falsas religiões desaparecerão, incluindo o judaísmo e o islamismo, fazendo dos que as abandonarem, seus adoradores. Os que persistirem naquelas falsas religiões, serão mortos.

O Dragão

Segredo de La Salette deixado à Melanie

A Natureza clama vingança contra os homens e treme de espanto à espera do que há-de acontecer à Terra empapada de crimes. Tremei, vós e Terra que fazeis profissão de servir a Jesus Cristo e que interiormente vos adorais a vós mesmos, tremei; pois Deus vai entregar-vos ao seu inimigo, porque os lugares santos estão corrompidos; muitos conventos não são já casas de Deus, mas sim pastos de Asmodeo e dos seus. Durante este tempo nascerá o anticristo de uma religiosa hebreia, de uma falsa virgem que terá ligação com antiga serpente, mestra de impureza.

O seu pai será bispo. No seu nascimento vomitará blasfémias, terá dentes; numa palavra, será uma encarnação do demónio; lançará gritos espantosos, fará prodígios e só se alimentará de impureza. Terá irmãos que ainda que não sejam como ele, demónios encarnados, serão filhos do mal; na idade de 12 anos chamará já a atenção pelas ruidosas vitórias que alcançará. Bem depressa se porão à frente de grandes exércitos, assistidos pelas legiões dos infernos.

Roma perderá a fé e converter-se-á a sede do anticristo, os demónios do ar com o anticristo farão grandes prodígios na Terra e nos ares e os homens se perverterão mais, e mais e mais.

Eis aqui o tempo, abre-se o abismo. Eis aqui o rei dos reis das trevas. Eis aqui a besta com os seus súbditos, chamando-se ele o salvador do mundo. Se elevará com orgulho pelos ares para subir até ao céu, mas será derrubado pelo sopro de S. Miguel Arcanjo.

Pela maneira que a Virgem Maria diz "será uma encarnação", vê-se em rigor que não é a verdadeira incarnação de Lúcifer, mas não será Lúcifer incarnado, pois ele não tem esse poder.

Juan Antonio, revelações pessoais

Este homem (o anticristo) foi o produto de uma "relação ilícita" entre um cardeal e uma prostituta, no entanto o seu nível social, e mais tarde o político, não cessará de crescer. Este indivíduo terá verdadeiramente um poder imenso sobre a Terra inteira, mas será de curta duração. O seu poder parecerá ilimitado. Com efeito, ele fará sinais tanto sobre a terra como nos céus, e o mundo acreditará encontrar nele um novo Messias. Sua aparência, em conjunto com o seu carisma, parecerão irresistíveis, a sua inteligência, desproporcional à de um homem ordinário. Ele encontrará soluções para problemas que até então jamais foram solucionados, mas mesmo assim, Maria nos afirma que no fim o Seu Coração Imaculado vencerá, e que no momento menos esperado, quando o homem pensar que tudo está perdido, Seu Divino Filho virá reclamar o que Lhe pertence. O Seu adversário será vencido e lançado no inferno por um longo período, donde ele não poderá mais, sob qualquer forma, molestar o mundo: a Paz de Cristo será então omnipresente.

Padre Gobbi 17 de Junho de 1989

O número da besta: 666

Combatei comigo, pequenos filhos, contra a besta semelhante a um cordeiro, a maçonaria infiltrada no interior da vida eclesiástica para destruir Cristo e a sua Igreja. Para alcançar este objectivo quer construir um novo ídolo, isto é, um falso Cristo e uma falsa Igreja.

A maçonaria eclesiástica recebe ordens e poder das lojas maçónicas e trabalha para conduzir secretamente todos a fazer parte destas seitas secretas.

No capítulo 13 do Apocalipse está escrito: Aqui está a sabedoria. Quem tem inteligência calcule o número da besta: ele representa um nome de homem. E tal número é 666. - Com inteligência, iluminada pela luz divina da sabedoria, consegue-se decifrar no número 666 o nome de um homem e este nome, indicado por tal número, é o do anticristo.

Lúcifer, a antiga serpente, o diabo ou satanás, o dragão vermelho, torna-se nestes últimos tempos, o anticristo.

O número 666 indicado três vezes, isto é, por 3, exprime o ano de 1998, mil novecentos e noventa e oito.

Neste período histórico, a maçonaria ajudada pela maçonaria eclesiástica, conseguirá o seu grande intento: construir um ídolo para colocar no lugar de Cristo e da sua Igreja.

Chegaste assim ao vértice da purificação, da grande tribulação e da apostasia.

A apostasia será então generalizada porque quase todos seguirão o falso Cristo e a falsa Igreja.

Então, será aberta a porta para o aparecimento do homem ou da própria pessoa do anticristo!

Eis, filhos predilectos, porque vos quis iluminar sobre as páginas do Apocalipse, que se referem aos tempos em que viveis.

La Salette

Os demónios do ar com o anticristo farão grandes prodígios na Terra e nos ares e os homens se perverterão mais, e mais e mais.

O anticristo finalmente será morto pelo próprio São Miguel Arcanjo, por ordem de Jesus Cristo, que com um raio o prenderá para sempre no inferno.

Santo Afonso Maria de Ligório, Doutor da Igreja

Falando finalmente da morte do Anticristo, diz-se que o ímpio assim que tiver congregado os seus dois grandes exércitos para dar a ruína final à igreja e a todos os seguidores de Jesus Cristo, em vez de vencer, será vencido e morrerá com os seus soldados. Quando os inimigos de Deus tiverem cercado o acampamento dos cristãos e da cidade de Jerusalém chamado, chamada a cidade dilecta), fogo descerá do céu e os devorará; e o demónio, que os terá seduzido em conjunto com  o Anticristo, chamado a besta e o falso profeta seu companheiro serão lançados  para arder para sempre no inferno: ele vendo o massacre dos seus, fugirá desesperada do campo, e irá se esconder em algum esconderijo do Monte das Oliveiras ou de Jerusalém, e que acabará por lhe ser tirada a vida pelas mãos de S. Miguel Arcanjo. S. Miguel por ordem de Cristo matará o Anticristo com um raio do céu, e o prenderá no inferno.

 

Os precursores do anticristo

O anticristo está revestido de todo o poder de satanás, do inferno. Satanás terá sobre ele um completo domínio e porá à sua disposição todo o seu tremendo poder. Este poder satânico tem sido usado de forma mais moderada através de todos os chamados “filhos do diabo”, aqueles que lhe venderam a sua alma, e são operários na consecução dos seus objectivos e mentiras - são os anticristos

Os anticristos (menores) têm vindo a preparar o caminho para “o anticristo”, e uma das suas áreas tem sido a de propagar falsas doutrinas, nomeadamente a do Milenarismo.

Catecismo da Igreja Católica nº676

§676 Esta impostura anticrística já se esboça no mundo toda vez que se pretende realizar na história a esperança messiânica que só pode realizar-se para além dela, por meio do juízo escatológico: mesmo em sua forma mitigada, a Igreja rejeitou esta falsificação do Reino vindouro sob o nome de milenarismo, sobretudo sob a forma política de um messianismo secularizado, "intrinsecamente perverso".

Os anticristos (menores), sempre inspirados por satanás, têm gerado o aparecimento de muitos falsos profetas, que São João no Apocalipse denominou de “falso profeta”, e sobre eles Jesus nos advertiu:

Marcos 13,22

22 Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos.

Falsos profetas. Lobos com pele de cordeiro.

Existe ainda uma outra grande figura, que é o falso profeta, referido no livro do Apocalipse, e que será o precursor do anticristo, a Besta, preparando as consciências de muitos para que estejam abertas à sua aceitação.

Apocalipse 19,20

20 Mas a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que realizara prodígios sob o seu controle, com os quais seduzira aqueles que tinham recebido o sinal da besta e se tinham prostrado diante de sua imagem.

Este falso profeta na realidade não é um homem. Foi a falsa vidente Vassula que o associou a um falso papa. Mas essa associação não existe no Apocalipse nem em nenhum dos livros das Sagradas Escrituras. Pelo contrário, o anticristo, a besta”, esse sim, é um homem e o seu número é o 666, tal como acabámos de ver no Apocalipse, e veremos nas Mensagens ao Padre Gobbi.

 

O anticristo é um homem e o seu

número é o 666

Se bem que o precursor do anticristo é o denominado, no Apocalipse de São João, falso profeta, à semelhança de Jesus Cristo, a quem o anticristo vai macaquear, poderá muito bem surgir uma pessoa proeminente, que não se limitará a carregar um simples título de ser só mais um falso profeta. Tal como São João Baptista foi o precursor de Jesus, também o anticristo vai ser precedido, muito provavelmente, por um precursor. Dados os esforços que o inferno investiu na criação e implantação do feminismo, elevando a altos cargos de poder as mulheres, é bem possível que o grande precursor do anticristo venha a ser uma mulher.

Nesta categoria de precursor/a do anticristo, aparece uma privilegiada muito bem colocada para tal tarefa, e deverá ter uma série de atributos para melhor enganar as pessoas de hoje em dia. Deve ser jovem, de origem familiar pobre e humilde, com ar angélico, com projecção mundial, e que tenha sido vítima de algo atroz, para aparecer e provocar a empatia generalizada e imediata, com facilidade de comunicação e forte poder de persuasão. Estas parecem ser características consensuais para tocar os corações das pessoas incautas.

Obedecendo a todas estas premissas, surge uma candidata altamente bem colocada, e que é a Malala., um pivete de 16 anos de idade, e que já foi considerada pela revista Times como sendo uma das 100 personalidades mais influentes do mundo. Como é que um morcãozinho daqueles, muçulmana, portanto filha do diabo, pode atingir os “píncaros” da notoriedade se não fosse impulsionada pelo príncipe deste mundo?

Malala Yousafzai

A força, a dimensão planetária e a forma como tem sido elevada à notoriedade e fama em todo o planeta, fazem dela uma figura pública com uma ascensão meteórica nunca antes vista. Sendo de condição humilde, como convinha, e passando por bem menos do que muitos milhões de outras crianças, é capotada para o estrelato de uma maneira gigantesca, através dos meios de comunicação social, e em particular por um dos canais mais conhecidos do mundo quanto à divulgação de teses cientifistas e anticristãs - o National Geographic Chanel.

A sua epopeia mediática começa por ter sido uma pseudo-vítima dos talibãs, tornando-a assim uma mártir, à semelhança de João Baptista que foi martirizado pelo Rei Herodes. Depois recebe um prémio Nobel da Paz em 2014, caído dos infernos aos trambolhões e depois faz-se uma série televisiva no National Geographic Chanel para a catapultar para a fama. A sua máxima e slogan publicitário é - “one child, one teacher, can change the world”. Esta é a frase mais estúpida que eu ouvi em  toda a minha vida, no entanto, há quem a aplauda. A “child” é ela, e o “teacher” será certamente o anticristo, também conhecido como o “mestre do mundo”.

Malala é apresentada como uma vítima que sobrevive milagrosamente no âmbito do combate entre o bem e o mal. Ela personifica o bem, e o mal é simbolizado pelos talibãs. Mas, na sua epopeia, não se falando de Jesus e da Doutrina Cristã, toda a doutrina defendida por Malala não pode vir do Verdadeiro Deus e inspirada pelo Espírito Santo, e portanto, só resta uma proveniência possível - do Inferno e dos seus sequazes. Ela própria deu o sinal da sua proveniência, quando quase no fim do vídeo se afirma uma das 66 milhões de crianças que não vão à escola. O número escolhido 66 é bem elucidativo…

O nome deste criatura Malala, que parece à primeira vista frágil, tem por nome um sigla que a denuncia - MAL + ALÁ. O seu nome foi escolhido por seu pai, um agitador muçulmano, que tinha grande veneração por uma rapariga chamada Malalai, que liderou os muçulmanos na guerra contra os ingleses, que claro está, simbolizam o mundo ocidental, contra o qual lutavam. O apelido da Malala é Yousafzai em que a primeira sílaba Yousa é muito semelhante foneticamente a Yeshua, um termo de raiz hebraica que significa “salvar” ou "salvação". Também aqui encontramos um paralelismo muito conveniente para angariar simpatias junto dos judeus.

O tempo dirá se ela é ou não a precursora do anticristo, ou se limitará a ser simplesmente mais uma dos muitos precursores que têm surgido ao longo dos tempos. De qualquer das maneiras é uma das figuras a manter debaixo de olho, sem perder de vista. E com este perfil, estar atento para ver se não surgem outros suspeitos.

A sua apresentação a todo o mundo foi feita no dia 6 de Março de 2016 através do National Geographic Chanel, um vídeo montado ao milímetro a pensar como impressionar o público, de tal maneira que a narrativa não é cronológica, e emprega todos os truques possíveis e imaginários para passar uma mensagem tenebrosa, mas encapotada por atitudes inocentes e humildes. A narrativa alterna entre datas anteriores e posteriores, com desenhos animados à mistura, e quando o espectador está desprevenido, catrapráz, lá vem a mensagem que pretendem fazer passar subliminarmente. Tudo se passa dentro de um mundo do qual o Cristianismo está arredado, em que se incute ódio pelos terroristas do islão, mas em que os bons da fita são os muçulmanos pacíficos, ou os “tontos do islão”. Vê-se claramente que a Malala foi inteligentemente instruída pelo seu pai, por detrás de quem se encontram forças bem mais poderosas a orientar todo o processo de ascensão de Malala, que, mais cedo do que tarde, irá certamente apontar para o anticristo como sendo o mestre e messias do mundo.

Estes parágrafos acima sobre a Malala, escrevi-os em 2015. Agora, a 8 de Abril de 2017, foi publicada a bombástica notícia de que o Secretário Geral da ONU, António Guterres, socialista e maçon, nomeou a Malala como a Mensageira da Paz da ONU. Bate certo com toda a linha de acção que descrevi acima!

Isto também quer dizer que cada vez estamos mais próximos de conhecer a carantonha, simpática e simultaneamente medonha, do anticristo… Talvez já em 2018…? Bem possível…

Com o decorrer do tempo, certamente outros precursores surgirão, a aplaudirem a Malala e o anticristo, nomeadamente grandes personalidades da cena política internacional e das grandes organizações mundiais, bem como líderes dos países mais populosos e poderosos do planeta.

 

 Os objectivos e estratagemas do anticristo

Os cinco grandes Objectivos do anticristo

1º - Levar à condenação eterna, para o inferno, o maior número de almas.

2º - Atacar a Santidade de Deus, dos Anjos e dos Santos, fazendo-se adorar como sendo o próprio deus.

3º - Abolir a Sagrada Eucaristia, que será o seu principal feito, e que ele conseguirá, infiltrando-se até o topo da hierarquia da Igreja Católica, e reunindo um Concílio Ecuménico rebelde, segundo sugeriu Soloviev.

4º - Destronar Jesus Cristo e sentar-se no Seu Trono.

5º - Destruir a Igreja Católica, muito particularmente infiltrando membros da maçonaria dentro da Igreja Católica, que passam a constituir a chamada maçonaria eclesiástica. Para este fim criou o Master Plan.

Os grandes Estratagemas do anticristo

Com aqueles cinco grandes objectivos em mente, levará à prática toda a espécie de estratagemas que se possam imaginar.

O anticristo autodenominar-se-á o próprio deus, descido à Terra para salvação de todos os homens e conseguir a união de todas as religiões. Dizendo ele ser o próprio Cristo”, conseguirá abolir a Eucaristia e provocar as mais escabrosas mudanças doutrinais dentro da Igreja Católica. Será proclamado pelos seus seguidores como o “mestre” do mundo.

A arma mais persuasiva de que o anticristo se servirá para enganar e convencer a humanidade, será a de fazer grandes “falsos milagres” aos olhos de todos, mesmo através da televisão, levando assim muitos a crer que ele é realmente o próprio deus descido à Terra.

Como sempre tem acontecido ao longo da História, os homens que se têm notabilizado sempre emergiram de grandes crises e alturas difíceis da história dos povos. Assim será também com o anticristo. Ele emergirá numa altura muito difícil da história, em que haverá grandes tumultos sociais e crises de toda a espécie.

Após a Declaração do anticristo ao mundo e de ter chamado a si os louros por encontrar a solução para a crise económica e financeira em que o mundo tiver mergulhado, rapidamente a sua influência estender-se-á ao interior da própria Igreja e, com o afastamento do Espírito Santo, aquele que ainda o impede, dominará os membros da Cúria, e servirá de castigo para os que não acreditaram na Verdade, tal como São Paulo deixou escrito na segunda Carta aos Tessalonicenses.

2Tessalonicenses 2,1-11

1 Acerca da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e da nossa reunião com ele, pedimos-vos, irmãos, 2 não vos deixeis facilmente perturbar o espírito e alarmar-vos, nem por alguma pretensa revelação nem por palavra ou carta tidas como procedentes de nós e que vos afirmassem estar iminente o dia do Senhor. 3 Ninguém de modo algum vos engane.

Com efeito, antes deve vir a apostasia, e manifestar-se o homem da iniquidade, o filho da perdição, 4 o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e de se ostentar a si mesmo como Deus. 5 Não vos lembrais de que vos dizia estas coisas, quando estava ainda convosco? 6 Agora, sabeis perfeitamente que algo o detém, para que se manifeste no momento que lhe toca.

7 Com efeito, o mistério da iniquidade já está em acção, basta que seja afastado aquele que agora o detém. 8 Então é que se manifestará o ímpio que o Senhor Jesus destruirá com o sopro da sua boca e o aniquilará com o fulgor da sua vinda. 9 A vinda do ímpio dá-se por obra de Satanás, com toda a espécie de milagres, sinais e prodígios enganadores. 10 Com todo o tipo de seduções de injustiça para os que se perdem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. 11 Por isso, Deus manda-lhes uma força que leva ao erro para que acreditem na mentira, e sejam condenados todos os que não acreditaram na verdade mas sentiram prazer na mentira.

Padre Gobbi 31 de Dezembro de 1992

O fim dos tempos

  - O quarto sinal é o horrível sacrilégio cometido por aquele que se opõe a Cristo, isto é, pelo anticristo. Entrará no templo santo de Deus e sentar-se-á no seu trono, fazendo-se adorar ele mesmo como Deus.

Acolhendo a doutrina protestante se dirá que a Missa não é um sacrifício, mas somente a santa ceia, ou seja, a recordação do que Jesus fez na sua última ceia. E assim será suprimida a celebração da Santa Missa. Nessa abolição do sacrifício quotidiano consiste o horrível sacrilégio cometido pelo anticristo, cuja duração será de aproximadamente três anos e meio, isto é, mil duzentos e noventa dias.

 

Igreja alvo de ataque à bomba

O anticristo, por desígnio de Deus e para castigo dos que não acreditaram na Verdade, abolirá a Eucaristia, pois que, como ele se afirmará o próprio deus descido à Terra, já não fará sentido o sacramento da Eucaristia. Assim se consumará a abolição do Sacrifício Perpétua, a Abominação da Desolação, profetizado desde o Profeta Daniel.

Daniel 12,9-12

9 Ele respondeu: Vai-te, Daniel, porque estas palavras estão cerradas e seladas até o tempo do fim.

10 Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão.

11 E desde o tempo em que tiver sido abolido o sacrifício perpétuo, e for estabelecida a abominação da desolação, haverá mil duzentos e noventa dias.

12 Bem-aventurado aquele que perseverar, chegando a mil trezentos e trinta e cinco dias.

A partir desse momento, será o início das desgraças e maldições do Inferno a caírem sobre a humanidade, pois que não subindo da Terra para o Céu o Valor da Celebração da Sagrada Eucaristia, nas 500.000 Missas celebradas diariamente em toda a Terra, não descerão as correspondentes Graças derramadas por Deus sobre a humanidade.

 l

1335 dias de abominação da desolação

Padre Gobbi 31 de Dezembro de 1992

O quarto sinal é o horrível sacrilégio cometido por aquele que se opõe a Cristo, isto é, pelo anticristo. Entrará no templo santo de Deus e sentar-se-á no seu trono, fazendo-se adorar ele mesmo como Deus.

"Levantar-se-á contra tudo aquilo que os homens adoram e chamam de Deus. O homem ímpio virá com o poder de satanás, com toda a força dos falsos milagres e falsos prodígios. Usará todo género de engano maligno para fazer o mal." (2 Tessalonicenses 2,3-10)

"Um dia vereis no lugar santo aquele que comete o horrível sacrilégio. O profeta Daniel falou sobre isto. Quem lê procure compreender". (Mt. 24,15)

Filhos predilectos, para compreender em que consiste este horrível sacrilégio lede o que foi predito pelo profeta Daniel.

Padre Gobbi 11 de Março de 1995 - Em Fátima

Na Igreja entrará o homem iníquo, que se opõe a Cristo, e que levará ao seu interior o abomínio da desolação, assim dando cumprimento ao horrível sacrilégio do qual falou o profeta Daniel. (Mateus 24,15)

Então, este lugar (Fátima) aparecerá para todos como sinal luminoso da minha presença materna, na hora suprema da vossa grande tribulação.

Daqui a Minha Luz difundir-se-á em toda a parte e desta fonte jorrará a água da divina misericórdia, que descerá para orvalhar a aridez de um mundo, já reduzido a um imenso deserto.

Para conseguir os seus desígnios de abolir a Eucaristia, infiltrar-se-á na Igreja e conseguirá que seja nomeado um Papa Mau ou um Anti-Papa, que vai querer permanecer no fausto de Roma, pois entretanto o comando da Igreja terá sido transferido para Jerusalém.

Durante o tempo que este Papa Mau estiver à frente da Igreja, será o caos e serão abolidas grande parte das grandes Verdades Doutrinais e Tradições da Igreja. Será o pactuar com a Religião Única imposta pela ONU, a mando do anticristo. A ONU terá um papel preponderante na implantação desta Falsa Religião Única, e os seus dirigentes e representantes propagarão as suas linhas mestras para todo o mundo.

Zacarias 11,6

6 Pois eis que suscitarei um pastor na terra, que não cuidará das que estão perecendo, não procurará as errantes, não curará a ferida, nem apascentará a sã; mas comerá a carne das gordas, e lhes despedaçará as unhas.

Papa Mau

Os Católicos serão os únicos a sobreviver, pois serão os únicos a encontrar Refúgio Seguro no Imaculado Coração de Maria, como prometido por Nossa Senhora, em Fátima, à irmã Lúcia e ao Padre Gobbi:

2ª Aparição de Fátima

«…O Meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus».

Mensagem de Nossa Senhora ao Padre Gobbi em 7 de Junho de 1986

Para serdes protegidos de todos os males, doenças, desgraças, acidentes, seca, terramotos, males incuráveis que se espalham, a divisão e o ódio, a fome e a pobreza, a exploração e a escravidão, a violência, o terrorismo e a guerra, convido-vos a se abrigarem no Refúgio Seguro do Meu Coração Imaculado.

Ao anticristo se associarão muitos dos líderes mundiais, em busca de poder e glória.

La Salette

A Terra será castigada com todo o género de pragas, haverá guerras atrozes até a última delas que será feita pelos 10 reis aliados do anticristo, os quais terão um único fim e serão os únicos que governarão o mundo. Antes que isto aconteça haverá uma espécie de falsa paz no mundo. Não se pensará mais que em divertir-se. Os malvados entregar-se-ão a toda a espécie de pecado mas os filhos da Santa Igreja, os filhos da Fé, os meus verdadeiros imitadores crescerão no amor de Deus e nas virtudes que me são mais queridas. Ditosas as almas humildes guiadas pelo Espírito Santo! Eu combaterei com eles até que cheguem à plenitude da idade.

 Texto Integral da Mensagem de La Salette 

Naquele tempo que se avizinha rapidamente, coisas terríveis terão já acontecido. Desencadeou-se a Terceira Guerra Mundial. Com a abolição da Eucaristia, todas as forças infernais andarão à solta, e a humanidade estará sem protecção, pois as Graças não descerão do Céu. No meio da maior confusão, catástrofes, epidemias, guerra, fome, crise a todos os níveis, o anticristo conglomerará à sua volta os dirigentes mais poderosos do mundo, a ONU, e conseguirá uma paz mundial. Mas será uma falsa paz, porque não se baseará no Amor Divino e Verdadeiro, porque não provirá da Paz nos Corações, porque não provirá de Deus, o Rei da Paz! A ONU instituirá, então, a religião única, alegando que as divergências que conduziram à guerra foram de cariz religioso. É fácil compreender este modus operandi, pois todos os membros da ONU são ou maçons ou maçónicos. Têm de estar fidelizados de alguma maneira à maçonaria, porque de contrário, nunca teriam tido acesso aos cargos que ocupam.

Nesta etapa, o anticristo fará grandes prodígios para enganar os homens e levá-los a crer que é o próprio deus. Será instituído um período de festejos e folias desgarradas e que farão com que muitos andem num descontrolo total.

Prodígios do anticristo

Entretanto a marca da Besta (que não é o chip) terá sido imposta em muitos, na mão e na fronte, e perante a falsa paz do anticristo, ele será aclamado por muitos como o salvador, como o cristo tão esperado pelas falsas religiões, incluindo o Judaísmo. Esta será uma fase de terríveis trevas e de pecado, sem igual em toda a Terra.

A vinda do anticristo será, segundo alguns exegetas, principalmente permitida por Deus, para castigar a incredulidade do povo judeu, por eles não terem acreditado no verdadeiro Jesus Cristo, Salvador da humanidade. Os Judeus serão os primeiros a acreditar que o anticristo será o verdadeiro cristo”, o salvador que eles há tanto tempo aguardam. Mesmo sendo ténue o conhecimento que temos da mentalidade do povo judeu, é fácil de aceitar que eles não seguiriam nem acreditariam em ninguém que não fosse judeu. Mas, depois, de assistirem a toda a crueldade e perseguições movidas pelo anticristo, após o Milagre de Garabandal, e o assassinato do Papa, provavelmente na Terra Santa, converter-se-ão.

Conversão dos judeus

O grande profeta da conversão dos judeus é São Paulo, através da sua epístola aos Romanos ao longo do capítulo 11, em que fala do povo judeu.

Romanos 11,25-26

25 Não quero, irmãos, que ignoreis este mistério, para que não vos gabeis de vossa sabedoria: esta cegueira de uma parte de Israel só durará até que haja entrado a totalidade dos pagãos.

26 Então Israel em peso será salvo, como está escrito: Virá de Sião o libertador, apartará de Jacob a impiedade.

Segundo o Padre Charles Arminjon, que cita os padres da Igreja no seu livro intitulado “O fim do mundo presente e os mistérios da vida futura”, página 16 da edição francesa, ele escreveu que uma das principais motivações de Deus para permitir a aparição do anticristo, será a de enganar e castigar os judeus, fazendo-os crer que ele é o “cristo”, o salvador, por eles tão esperado. Já que não acreditaram no verdadeiro Cristo, serão punidos pelo falso.

Cadernos de Maria Valtorta de 1943, 27 de Agosto de 1943

Por mais que pareçam confundir-se os períodos no Apocalipse, não é no entanto assim. Seria melhor dizer que se referem a tempos futuros com aparências cada vez mais grandiosas.

Agora *1 estamos no período que eu chamo: dos precursores do Anticristo. Depois virá o período do Anticristo *2 que é o precursor de Satanás: as duas bestas mencionadas no Apocalipse. Será um período pior que o actual. O Mal aumenta cada vez mais. Vencido o Anticristo virá o período de paz *3 para dar tempo aos homens, espantados pelo torpor das sete pragas e da queda da Babilónia, de reunir-se debaixo do meu ensinamento. A época anticristã alcançará o seu ponto álgido na sua terceira manifestação, ou seja, quando ocorra a última vinda de Satanás *4 .

Notas:

*1 - Ano de 1943

*2 - Este Período do anticristo terá início com a sua manifestação, algures entre 2016 e 2018, e terá uma duração de cerca de três anos e meio.

*3 - Este Período de Paz é o prometido em Fátima por Nossa Senhora.

*4 - A última vinda de satanás serão os Três Dias de Trevas, o Armagedon ou o Grande Dia da Batalha do Senhor.

 

Cadernos de Maria Valtorta de 1943, 16 Setembro de 1943

Depois das guerras tremendas trazidas por Satanás à Terra mediante o seu mensageiro tenebroso: o Anticristo, sobrevirá o período da trégua *1 na qual, depois do vos haver mostrado com a prova cruenta de que dons pode ser obreiro Satanás, tratarei de vos atrair, colmando-vos de dons.

A Terra parecerá surgir de uma segunda criação, nova totalmente nos sentimentos que serão de paz e de concórdia entre os povos e de paz entre o Céu e a Terra.

Será o Reino do Espírito. O Reino de Deus que vós pedis - e não sabeis o que pedis porque nunca reflectem no «Pater noster». Onde quereis que venha o Reino de Deus se não for aos vossos corações? *2 Aí é onde deve iniciar-se Meu Reino sobre a Terra. Reino grande, ainda que sempre limitado.

Depois virá o Reino sem confins, *3 nem de terra nem de tempo. O Reino Eterno que fará de vós habitantes eternos dos Céus,

E é então quando chegará o Meu dia grande e terrível. *4 Não um dia de vinte e quatro horas, pois o meu tempo tem outra medida. Chama-se-lhe «dia» porque é durante o dia quando se trabalha e Eu trabalharei naquele tempo.

Levarei a cabo a última selecção dos viventes sobre a Terra que terá lugar no último desencadeamento de Satanás.

É então quando se verá quais têm em si o Reino de Deus e quais têm o de Satanás. Porque estes com boca, actos e, sobretudo, com coração blasfemo, cometerão os últimos desrespeitos à Minha Lei e os últimos sacrilégios contra Deus, enquanto que os primeiros, os filhos e súbditos do Senhor - no tempo que assolará a Terra a última batalha com um horror indescritível - se a agarrarão à Minha Cruz, invocarão o Meu Nome salvífico e a Minha vinda como Juiz não os aterrorizará, antes será o seu gozo, já que os fiéis são os salvos, aqueles a que Joel chama os «resíduos» do Senhor, ou seja, aqueles que permanecerão no Senhor depois da pilhagem de Satanás.

Benditos, benditos, benditos para sempre estes filhos Meus. Deles é o Paraíso eterno. Unidos com os fiéis ao Senhor de todos os tempos, possuirão a Deus cuja posse é a eterna bem-aventurança.

Notas:

*1 - Esta trégua será o tempo de Paz prometido em Fátima por Nossa Senhora. Durante esta trégua, satanás será lançado nas profundezas do inferno de onde não estará autorizado a sair, e por isso, não causará dano à humanidade durante esse período. Este encadeamento de Satanás nas profundezas do inferno deu-se dezenas de vezes ao longo da história da cristandade, tal como descrito na Mística Cidade de Deus da Maria de Jesus de Agreda.

*2 - Esta trégua e Paz será vivida essencialmente nos nossos corações, e daí Jesus ainda considerar que é limitado esse Seu Reino.

*3 - Depois desta trégua virão os Novos Céus e Nova Terra, após os Três Dias de Trevas.

*4 - A narrativa recuou ligeiramente e é descrito o último ataque ou desencadeamento de Satanás contra a humanidade. A última vinda de Satanás serão os Três Dias de Trevas, o Armagedon ou o Grande Dia da Batalha do Senhor.

Paralelamente à actuação do anticristo, haverá um grande homem que se lhe oporá, e que tem sido conhecido ao longo dos tempos como sendo o Grande Monarca, ao qual se associarão muitos dos novos reis da Terra.

Segredo de La Salette deixado à Melanie

A caridade florescerá em todas as partes, os novos reis serão o braço direito da Santa Igreja, que será forte, humilde, piedosa, pobre, zelosa e imitadora das virtudes de Jesus Cristo. 

Este Grande Monarca liderará o MRC, Movimento para um Renovamento Cristão, já criado oficialmente em França e em Portugal, ao qual se juntarão outros Reis pela Terra fora, e que combaterão o reino do anticristo, com as armas do Amor, da Humildade, do Rosário, da Penitência, defendendo a Justiça e a Paz entre os homens.

O anticristo sendo um homem totalmente possuído pelo demónio, que é o pai da mentira, usará as técnicas da falsidade e do encobrimento, tal como a maçonaria já o faz desde a sua criação. Quando pretende atingir um objectivo, encobre-o com propostas contrárias. Sugerem para os seus objectivo tenebrosos uma capa apelativa e repleta de boas intenções.

 

Confronto entre o que o anticristo promete, e o que fará

Vou usar a seguinte notação gráfica:

#) A preto negrito e em primeiro lugar, o que promete,

#) A preto fino e em segundo lugar, o que ele pretende de facto.

1) Erradicar da terra a fome, as barracas e a miséria como coisas indignas da pessoa humana;

1) Matar, em poucos anos, 4/5 da humanidade, por meio de guerras, fome e doenças claramente inoculadas, e ainda por armas químicas e bacteriológicas, porque há excesso de população na terra. Isso inclui eliminar completamente os negros, os índios e todas as minorias raciais do planeta.

2) Introduzir o mundo numa "Nova Era", a Era de Aquário, onde as luzes do Schambala vão inundar a Terra de paz e felicidade, pela criação de leis mais justas e princípios mais honestos como o "desapego";

2) Bestializar o outro 1/5 dos homens, de modo a torná-los animais de cabresto e sem vontade própria, instituindo em todo o mundo o uso e o consumo compulsório de todas as drogas através de lojas especializadas do próprio governo, e através de processos de lavagem cerebral e subjugação da mente.

3) Premiar a força de trabalho humano, ressaltando o talento e dando a todos os homens possibilidades reais de crescimento e realização pessoal e colectiva;

3) Escravizar aos "servidores produtivos", através da força, fazendo-os aceitar salários miseráveis e condições duríssimas de vida sem reclamar.

4) Eliminar, dado o progresso da "ciência" e a introdução de "novas tecnologias", todos os tipos de doenças e males que afligem o homem, garantindo o direito à vida;

4) Eliminar, imediatamente, todas as crianças que nascem defeituosas como peso morto da sociedade, bem como todos os "doentes incuráveis" e os "menos aptos" fisicamente.

5) Permitir uma velhice honrosa e sadia a todos aqueles que já prestaram relevantes serviços à sociedade, com o pagamento de reformas dignas e pensões justas;

5) Matar todos os velhos, tão logo cheguem a uma idade de descanso improdutivo, evitando pagamento de pensões e aposentadorias que só oneram a sociedade.

6) Eliminar por completo a necessidade de um sistema prisional degradante como o de hoje, pela introdução de novas e eficazes leis;

6) Instituir a pena sumária de morte, para qualquer caso de insubordinação, ou a pena de degredo perpétuo para regiões remotas a todos que não obedeçam ao regime.

7) Garantir a todos os cidadãos o direito de ir e vir, proporcionando a todos meios de transporte dignos, individuais e colectivos, e garantir a todos o acesso aos meios de comunicação, expressão e arte;

7) Punir com penas duríssimas a todos os que portem armas, proibindo também a população comum o uso de automóveis ou outros meios rápidos de locomoção, mantendo a todos longe da imprensa e dos meios de comunicação de massa, fazendo a todos saber apenas o que interessa ao governo central.

8) Fazer dos transplantes uma ciência do futuro, aumentando a longevidade das pessoas e proporcionando a todos, num futuro próximo, menos dor e nenhum sofrimento, com a criação de novas e poderosas drogas; além disso, as "fontes curativas" já "criadas e abençoadas" por Maitreya haverão de erradicar todas as doenças da Terra;

8) Tornar obrigatória a doação de órgãos para transplantes, principalmente quando estes se destinam aos "dirigentes do povo". Tornar, "para o bem do povo" , qualquer pessoa possível cobaia de experiências científicas, sem direito à paga ou reclamação; isso inclui extrair para pesquisa o cérebro dos bebés ainda no útero das mães.

9) Introduzir no mundo inteiro um novo período de liberdade e paz, permitindo a todos o direito à livre expressão de suas ideias ao garantir os direitos individuais e colectivos;

9) Implantar a lei marcial de rito sumário, retirando do povo todos os direitos e as garantias individuais, implantando em todos compulsoriamente a marca da besta (666), para facilitar o controle e a movimentação das pessoas.

10) Permitir a liberdade de culto religioso da nova religião única, para um perfeito crescimento espiritual de todos e a felicidade geral das pessoas.

10) Obrigar a todos os cidadãos a assinar um pacto de lealdade com o "Senhor Maitreya", instituindo a Nova Era como religião oficial e única, devendo todos serem obrigados a adorá-lo como único senhor e "deus".

Todas estas intenções maléficas estão contidas no plano gizado pela Maçonaria, o Master Plan, e pelo seu chefe supremo, o anticristo.

O objectivo do Master Plan é destruir e Igreja Católica e a Fé em Deus. Este plano foi traçado, na mesma época do fecho do Concílio Vaticano II, nos E.U.A e descoberto pelo Dr. J. Dominguez que o deu a conhecer ao mundo.

Salmos 82,2-4

"Ó Deus, eis que Teus inimigos se agitam; e os que Te odeiam levantaram as suas cabeças. Eles tramam um plano contra Teu povo, e conspiram contra Teus santos. Eles disseram: «Vinde, destruam-nos, de modo que eles não sejam uma nação»."

A Igreja Católica tomou conhecimento do plano maçónico que esteve na génese deste Master Plan, já nos tempos do Papa Leão XIII, que escreveu a seu propósito a Carta Encíclica Humanum Genus, sobre a Maçonaria, a 20 de Abril de 1884, Papa Leão XIII.

 

Papa Leão XIII

Index

CARTA ENCÍCLICA
HUMANUM GENUS
DO SUMO PONTÍFICE
PAPA LEÃO XIII
A TODOS OS NOSSOS VENERÁVEIS
IRMÃOS, OS PATRIARCAS,
PRIMAZES, ARCEBISPOS
E BISPOS DO ORBE CATÓLICO,
EM GRAÇA E COMUNHÃO
COM A SÉ APOSTÓLICA

SOBRE A MAÇONARIA

3. Em uma crise tão urgente, quando tão feroz e tão forte assalto é feito sobre o nome Cristão, é Nosso ofício apontar o perigo, marcar quem são os adversários, e no máximo de Nosso poder fazer uma barreira contra seus planos e procedimentos, para que não pereçam aqueles cuja salvação está confiada a Nós, e para que o reino de Jesus Cristo confiado a Nosso encargo possa não só permanecer de pé e inteiro, mas possa ser alargado por um crescimento cada vez maior através do mundo.

Foi este plano maçónico, contra o qual o Papa Leão XIII se prontificou a combater, que esteve na base do delineado no Master Plan, cujas linhas fundamentais apresento seguidamente.

 

O Master Plan para destruir a Igreja

MASTER PLAN PARA DESTRUIR A IGREJA

Normas do grande Mestre da Maçonaria aos Bispos católicos maçons, efetivas desde 1962.

(Posta em dia pelo Vaticano II). Todos os confrades maçons terão que referir sobre os progressos destas decisivas disposições. Reelaboradas em Outubro de 1993 como plano progressivo para o passo final. Todos os maçons ocupados na Igreja (mesmo padres e bispos) têm que acolhê-las e realizá-las.

 I.        Removam de uma vez por todas a São Miguel, protector da Igreja Católica, de todas as orações ao interior e ao exterior da Santa Missa. Removam todas as imagens, afirmando que elas apartam da Adoração de Cristo.

   II.        Removam os Exercícios Penitenciais da Quaresma como a abstinência de carne as sextas-feiras e também o jejum; impeçam cada ato de abnegação. Em seu lugar devem ser favorecidos os actos de alegria, de felicidade e de amor ao próximo. Digam: “Cristo já mereceu por nós o Paraíso” e “cada esforço humano é inútil”. Digam a todos que devem tomar em sério a preocupação por sua saúde. Estimulem o consumo de carne, especialmente de porco.

III.        Encarreguem aos pastores protestantes de reexaminar a Santa Missa e de dessacralizá-la. Semeiem dúvidas sobre a Real Presença de Cristo na Eucaristia e confirmem que a Eucaristia – com maior aproximação à fé dos protestantes – é somente pão e vinho e compreendida como um puro símbolo. Disseminem doutrinas protestantes nos Seminários e nas escolas. Falem de ecumenismo como caminho para a unidade. Acusem a cada um que crê na Presença Real de Jesus o Cristo na Eucaristia como subversivo e desobediente para com a Igreja.

IV.        Proíbam a Liturgia latina da Missa, Adoração e Cantos, uma vez que eles comunicam um sentimento de mistério e de respeito. Apresentem-no como feitiços de adivinhos. Os homens pararão de crer nos Sacerdotes como homens superiores, e de respeitá-los como portadores dos Mistérios Divinos.

 V.        Dêem coragem às mulheres a não cobrir a cabeça com o véu quando estão na igreja. Encorajem as mulheres a serem leitoras e sacerdotisas. Apresentem a coisa como se fosse uma ideia democrática. Fundem movimentos de libertação da mulher. Quem entra na igreja tem que vestir vestidos descuidados para sentir-se nela como em sua casa. Isso debilitará a importância da Santa Missa

VI.        Afastem os fiéis de receber de joelhos a Comunhão. Eliminem na igreja de estar de joelhos e cada genuflexão. Tirem os genuflexórios. Digam às pessoas que durante a Missa devem certificar sua fé em posição erguida.

VII.        Eliminem a música sagrada do órgão. Introduzam guitarras, harpas judias, tambores, ruídos e risadas nas igrejas. Isso afastará a gente da oração pessoal. Introduzam ao redor do altar danças litúrgicas com vestidos excitantes, teatros e concertos.

VIII.        Tirem a devoção do povo à Maria e São José. Indiquem sua veneração como idolatria. Convertam em ridículos os que persistem. Introduzam cantos protestantes. Isso dará a impressão que a Igreja Católica por fim admite que o Protestantismo é a verdadeira religião ou ao menos que ele é igual a Igreja Católica.

IX.        Introduzam cantos novos somente para convencer a gente que os rituais anteriores de algum modo eram falsos e que falem somente de amor para os homens. A juventude será entusiasmada ao sentir falar de amor para o próximo. Anunciem o amor, a tolerância e a unidade. Não mencionem a Jesus, proíbam cada anúncio da Eucaristia.

X.        Removam todas as relíquias dos Santos dos Altares e sucessivamente também os Altares mesmos. Ao invés disso, mesas. Eliminem a lei Eclesiástica que quer a celebração da Santa Missa somente sobre Altares que contenham Relíquias.

XI.        Interrompam a prática de celebrar a Santa Missa na presença do Santíssimo Sacramento no Tabernáculo. Não admitam algum Tabernáculo sobre os Altares que são usados para a celebração da Santa Missa. Coloquem apenas a mesa. Mais tarde coloquem ao menos uma cadeira a tal mesa. O Sacerdote tem que sentar-se para indicar que depois da Comunhão ele descansa como depois de uma comida. O Sacerdote não tem que estar nunca de joelhos durante a Missa nem fazer genuflexões. Nas comidas, de fato, não se ajoelham nunca. A cadeira do Sacerdote tem que ser colocada no lugar do Tabernáculo. Dêem coragem à gente a venerar e também a adorar ao Sacerdote no lugar da Eucaristia. Coloquem o Tabernáculo num local diferente, fora da vista.

XII.        Façam desaparecer os Santos do calendário Eclesiástico. Proíbam aos Sacerdotes de falar dos Santos, excepto aqueles mencionados pelo Evangelho. Digam ao povo que eventuais protestantes, talvez presentes na igreja, poderiam escandalizar-se deles. Evitem tudo aquilo que molesta aos protestantes.

XIII.        Revoguem o exorcismo menor para expulsar aos demônios; empenhem-se nisto, anunciem que os diabos não existem. Expliquem que é o método adoptado pela Bíblia para designar o mal e que sem um malvado não podem existir histórias interessantes. Em consequência a gente não crerá na existência do inferno nem temerá de poder-se cair nele. Repitam que o inferno não é outra coisa que estar longe de Deus e que não é uma coisa terrível este se trata no fundo da mesma vida como aqui na terra.

XIV.        Ensinem que Jesus era somente um homem que teve irmãos e irmãs e que odiou aos que tinham o poder. Expliquem que ele amava a companhia das prostitutas, especialmente de Maria a Madalena; que não soube o que fazer com as igrejas e sinagogas. Digam que aconselhou não obedecer aos chefes do Clero, digam que ele foi um grande mestre apenas. Desacreditem o discurso sobre a Cruz como uma vitória, ao contrário, apresentem-na como um fracasso.

XV.        Lembrem-se que podem induzir as monjas à traição de sua vocação, levando-as ao caminho da vaidade, atrativo e beleza. Façam trocar o hábito Eclesiástico e isso as levará naturalmente a jogar no lixo seus Rosários. Isso dissecará suas vocações. Digam-lhes que não serão aceitas se não renunciam ao hábito. Também Favoreçam o descrédito do hábito Eclesiástico entre a gente.

XVI.        Digam aos catequistas para ensinar a amar as criaturas de Deus em vez do mesmo Deus. Amar abertamente é testemunho de maturidade. Façam que o termo “sexo” se converte em palavra de uso quotidiano em suas classes de religião. Façam do sexo uma nova religião. Introduzam imagens de sexo nas lições religiosas para ensinar às crianças a realidade. Certifiquem-se que as imagens sejam claras. Dêem coragem às escolas de tornarem-se pensadores progressistas no campo da educação sexual. Introduzam assim a educação sexual através da autoridade Episcopal, dessa maneira os padres não terão a possibilidade de dizer nada em contrário.

XVII.        Destruam as escolas católicas, impedindo as vocações de monjas. Digam às monjas que são trabalhadoras sociais com um salário e que a Igreja está a ponto de eliminá-las. Insistam que o Professor leigo católico receba o idêntico salário daquele das escolas governamentais. Empreguem professores não católicos. Os Sacerdotes devem receber o idêntico salário como os correspondentes empregados seculares. Todos os Sacerdotes devem tirar assim sua Batina Clerical e suas Cruzes para poder serem aceitos por todos. Ponham em ridículo àqueles que não se conformam.

XVIII.        Destruam ao Papa, destruindo suas Universidades. Tirem as Universidades ao Papa, dizendo que em tal modo o governo poderia subsidiá-las. Substituam os nomes dos Institutos Religiosos com nomes profanos, para favorecer o ecumenismo. Por exemplo, em lugar de “Escola Imaculada Conceição” digam “Escola Superior Nova”. Criem departamentos de ecumenismo em todas as Dioceses e preocupem-se que seu controle seja de parte protestante. Proíbam as Orações para o Papa e a Maria porque elas desanimam o ecumenismo. Anunciem que os Bispos locais são as autoridades competentes. Sustentem que o Papa é somente uma figura representativa. Combatam a autoridade Papal, colocando um limite de idade a seu exercício. Reduzam-na pouco a pouco, expliquem que é para preservá-lo do excesso de trabalho.

XIX.        Sejam audazes. Debilitem ao Papa introduzindo sínodos Episcopais. O Papa se tornará então somente como uma figura de representação. Sucessivamente debilitem a autoridade do Bispo, dando vida a uma instituição concorrente a nível de Presbitérios. Digam que os Sacerdotes recebem em tal modo a atenção que merecem. Ao final, debilitem a autoridade do Sacerdote com a constituição de grupos de leigos que dominem os Sacerdotes. Deste modo, a Igreja será democrática… uma Igreja Nova…

XX.        Reduzam as vocações ao Sacerdócio, fazendo perder aos leigos o temor reverencial por eles. O escândalo público de um Sacerdote destruirá milhares de vocações. Louvem aos Sacerdotes que por amor de uma mulher souberam deixar tudo. Honrem os Sacerdotes reduzidos ao estado laical como autênticos mártires, oprimidos a tal ponto de não poder suportar mais. Também lutem para que nossos confrades maçons que estão no Sacerdócio sejam notados e seus nomes publicados. Sejam tolerantes com a homossexualidade do Clero. Digam à gente que os Curas padecem de solidão.

XXI.        Comecem a fechar as igrejas à causa da escassez de Clero. Definem como boa e económica tal prática. Expliquem que Deus escuta em todos os lados as orações. Neste caso as igrejas se convertem em extravagantes desperdício de dinheiro. Fechem antes de tudo as igrejas em que se pratica a piedade tradicional.

XXII.        Utilizem comissões de leigos e Sacerdotes débeis na fé que condenem sem dificuldade cada aparição de Maria e cada aparente milagre, especialmente do Arcanjo São Miguel. Assegurem-se que nada disto, de nenhuma maneira receberá a aprovação segundo o Vaticano II. Denominem desobediência à autoridade quem obedece às Revelações ou se alguém reflete sobre elas. Façam cair seu bom nome em desestima, então ninguém crerá nestas revelações.

XXIII.        Escolham um Anti-Papa. Afirmem que ele reconduzirá aos protestantes na Igreja e talvez até os Judeus. Um Anti-Papa poderá ser eleito mesmo que o outro verdadeiro esteja vivo. Afirmem que o verdadeiro Papa já não é mais capaz de governar.

XXIV.        Tirem a Confissão antes da Santa Comunhão para os alunos do segundo e terceiro ano para que a eles não importem nada dela quando frequentem quarto e quinto e depois as classes superiores. Então a Confissão desaparecerá. Introduzam a confissão comunitária com a absolvição em grupo. Expliquem à gente que isso se sucede por causa da escassez de Clero.

XXV.        Façam distribuir a Comunhão por mulheres e leigos. Digam que este é o tempo dos leigos. Comecem dar a Comunhão na mão como os protestantes, em vez de dar na boca sobre a língua. Expliquem que Cristo fez do mesmo modo. Recolham algumas hóstias para “missas negras” em nossos templos. Digam à gente que se deve dar o sinal da paz. Dêem coragem à gente a deslocar-se na igreja para interromper a devoção e a oração. Não façam Sinais de Cruz; no seu lugar façam o sinal da paz. Expliquem que também Cristo se deslocou para saudar aos Discípulos. Não permitam alguma concentração em tais momentos. Os Sacerdotes devem dar as costas à Eucaristia para honrar ao povo.

XXVI.        Depois que o Anti-papa for eleito, tirem os sínodos dos Bispos como as associações dos Sacerdotes e os conselhos paroquiais. Proíbam a todos os religiosos de pôr em discussão, sem licença, estas novas disposições. Expliquem que Deus quer a humildade e odeia aos que aspiram a glória. Acusem de desobediência respeito à autoridade Eclesiástica todos os que põe interrogações. Digam à gente que tem que obedecer a estes superiores Eclesiásticos.

XXVII.        Concedam ao Papa (=Anti Papa) o máximo poder. Ameacem sob pena de excomunhão a todos os que não levarem o sinal da besta. Não o chamem porém “sinal da besta”. O Sinal da Cruz não tem que ser feito, nem usado sobre as pessoas ou através delas, (não se deve benzer mais). Fazer o Sinal da Cruz será designado como idolatria e desobediência.

XXVIII.        Declarem falsos os Dogmas anteriores, excepto aquele da infalibilidade Pontifícia. Proclamem a Jesus, o Cristo um revolucionário frustrado. Anunciem que o verdadeiro Cristo logo virá. Somente o Anti-Papa eleito tem que ser obedecido. Digam às gentes que devem inclinar-se quando seja pronunciado seu nome.

XXIX.        Ordenem a todos a estender a única religião mundial. Satanás sabe onde se encontra todo o ouro perdido. Conquistem sem piedade o mundo! Tudo isso levará à humanidade o quanto ela sempre desejou: “A Nova Era de ouro da paz.”

 

 

 A manifestação do anticristo

Dentro de pouco tempo vai se manifestar ao mundo o anticristo, que é muito provavelmente o Maitreya, um filósofo erudito judeu, que se vai intitular o messias de todas as religiões e vai fazer a sua Declaração através de todos os meios de comunicação, no que vai ficar conhecido pelo Dia da DeclaraçãoNinguém o olhe, nem o oiça nem receba a sua marca!

Tudo o que ele disser será mentira, mas os seus poderes hipnóticos farão com que seja acreditado… CUIDADO!

Juan Antonio, revelações pessoais

A obra do diabo sobre a Terra se fará através do anticristo que foi descrito por Maria como uma falsa luz, um falso profeta, um homem que hoje está vivo. Este está inteiramente e perfeitamente possuído e controlado por Satanás, porque Ela disse: «O príncipe das trevas não tem o poder de incarnar neste mundo».

Depois da Declaração do anticristo ao mundo e de ter chamado a si os louros por encontrar a solução para a crise económica e  financeira em que o mundo estará mergulhado, rapidamente a sua influência estender-se-á ao interior da própria Igreja e, com o afastamento do Espírito Santo, aquele que ainda o impede, dominará os membros da Cúria, e servirá de castigo para os que não acreditaram na Verdade, tal como São Paulo deixou escrito na segunda Carta aos Tessalonicenses.

2Tessalonicenses 2,1-11

1 Acerca da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e da nossa reunião com ele, pedimos-vos, irmãos, 2 não vos deixeis facilmente perturbar o espírito e alarmar-vos, nem por alguma pretensa revelação nem por palavra ou carta tidas como procedentes de nós e que vos afirmassem estar iminente o dia do Senhor. 3 Ninguém de modo algum vos engane.

Com efeito, antes deve vir a apostasia, e manifestar-se o homem da iniquidade, o filho da perdição, 4 o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e de se ostentar a si mesmo como Deus. 5 Não vos lembrais de que vos dizia estas coisas, quando estava ainda convosco? 6 Agora, sabeis perfeitamente que algo o detém, para que se manifeste no momento que lhe toca.

7 Com efeito, o mistério da iniquidade já está em acção, basta que seja afastado aquele que agora o detém. 8 Então é que se manifestará o ímpio que o Senhor Jesus destruirá com o sopro da sua boca e o aniquilará com o fulgor da sua vinda. 9 A vinda do ímpio dá-se por obra de Satanás, com toda a espécie de milagres, sinais e prodígios enganadores. 10 Com todo o tipo de seduções de injustiça para os que se perdem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. 11 Por isso, Deus manda-lhes uma força que leva ao erro para que acreditem na mentira, e sejam condenados todos os que não acreditaram na verdade mas sentiram prazer na mentira.

 

 O anticristo nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento, há diversas referências ao anticristo, sob diversas denominações, a besta, o ímpio, o homem da iniquidade, o filho da perdição,  o adversário.

Daniel 12,9-12

9 Ele respondeu: Vai-te, Daniel, porque estas palavras estão cerradas e seladas até o tempo do fim.

10 Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão.

11 E desde o tempo em que tiver sido abolido o sacrifício perpétuo, e for estabelecida a abominação da desolação, haverá mil duzentos e noventa dias.

12 Bem-aventurado aquele que perseverar, chegando a mil trezentos e trinta e cinco dias.

 

2Tessalonicenses 2,1-11

1 Acerca da vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e da nossa reunião com ele, pedimos-vos, irmãos, 2 não vos deixeis facilmente perturbar o espírito e alarmar-vos, nem por alguma pretensa revelação nem por palavra ou carta tidas como procedentes de nós e que vos afirmassem estar iminente o dia do Senhor. 3 Ninguém de modo algum vos engane.

Com efeito, antes deve vir a apostasia, e manifestar-se o homem da iniquidade, o filho da perdição, 4 o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e de se ostentar a si mesmo como Deus. 5 Não vos lembrais de que vos dizia estas coisas, quando estava ainda convosco? 6 Agora, sabeis perfeitamente que algo o detém, para que se manifeste no momento que lhe toca.

7 Com efeito, o mistério da iniquidade já está em acção, basta que seja afastado aquele que agora o detém. 8 Então é que se manifestará o ímpio que o Senhor Jesus destruirá com o sopro da sua boca e o aniquilará com o fulgor da sua vinda. 9 A vinda do ímpio dá-se por obra de Satanás, com toda a espécie de milagres, sinais e prodígios enganadores. 10 Com todo o tipo de seduções de injustiça para os que se perdem, porque não acolheram o amor da verdade para seremsalvos. 11 Por isso, Deus manda-lhes uma força que leva ao erro para que acreditem na mentira, e sejam condenados todos os que não acreditaram na verdade mas sentiram prazer na mentira.

Apocalipse 19,20

20 Mas a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que realizara prodígios sob o seu controle, com os quais seduzira aqueles que tinham recebido o sinal da besta e se tinham prostrado diante de sua imagem.

 

 O anticristo nas Revelações Privadas

Há muitas referências nas Revelações Privadas sobre o anticristo. Vou apresentar algumas mais importantes e significativas.

O anticristo nas Profecias antigas

    Orígenes   Santo Hilário de Poitiers   Santo Efrém o Sírio   São Nilo o Sinaita   São Gregório Magno  

    São João Damasceno   Santa Hildegarda   Bernardo Rembort   Santo Afonso Maria de Ligório   Jeanne de Le Royer

O anticristo nas profecias do Arcebispo Fulton J. Sheen, em 1950

O anticristo nas Mensagens ao Padre Gobbi

O anticristo nas Mensagens ao Juan Antonio Gil

O anticristo nas Mensagens a Maria Valtorta

O anticristo nas Profecias antigas

Orígenes (~254)

“O anticristo será um profeta de mentiras; proclamar-se-á Deus e receberá poder para realizar sinais e prodígios, o que levará os homens a adorá-lo... Este será o tempo em que se desprezará a rectidão e se odiará a inocência; em que os maus olharão para os bons como inimigos; não haverá mais lei, ordem ou disciplina”.

Santo Hilário de Poitiers (~300)

“O anticristo ensinará que Cristo era um impostor e que não era o verdadeiro Filho de Deus”.

 

Santo Efrém o Sírio (~340)

“Dissimuladamente, ele (o anticristo) vai agradar a todos, ele não vai aceitar cargos ou funções, ele não vai mostrar favoritismo para com as pessoas, vai ser amável para com todos, calmo em todas as coisas, irá recusar presentes, parecerá afável com o próximo, e assim, todos irão elogiá-lo exclamando: «Eis um homem justo!»”

 

São Nilo o Sinaita (~400)

“Depois do ano 1900, por meados do século XX, as pessoas se tornarão irreconhecíveis.
(...)
Quando se aproximar o tempo da vinda do Anticristo, a inteligência dos homens será obscurecida pelas paixões carnais: a degradação e o desregramento se acentuarão. E o mundo ficará irreconhecível. As pessoas mudarão de aparência, tornando-se impossível distinguir os homens das mulheres, por causa do descaramento em seu modo de vestir e da moda dos cabelos. Essas pessoas serão desumanas e como autênticos animais selvagens, devido às tentações do Anticristo. Não mais se respeitarão os pais e as pessoas idosas. O amor desaparecerá. E os pastores cristãos, bispos e padres, serão homens frívolos, completamente incapazes de distinguir entre o caminho da direita e o da esquerda. Nesse tempo, as leis morais e as tradições dos cristãos e da Igreja mudarão. As pessoas já não praticarão a modéstia e reinará a dissipação!
(...)
A mentira e a cobiça atingirão grandes proporções, e infelizes daqueles que amontoarem as riquezas! A luxúria, o adultério, a homossexualidade, os actos ocultos e o assassínio serão regras da sociedade. Nesse tempo, devido ao poder de tão grandes crimes e de uma tal devassidão, as pessoas serão privadas da graça do Espírito Santo, recebida no Baptismo, e nem sentirão remorsos. As igrejas serão privadas de pastores piedosos e tementes a Deus, e infelizes dos cristãos que estiverem na terra nesses momentos! Perderão a fé, porque não haverá mais quem lhes mostre a luz da verdade. Afastar-se-ão do mundo, refugiando-se em lugares santos, na intenção de aliviar seus sofrimentos espirituais, mas só encontrarão obstáculos e contrariedades por toda a parte. Tudo isso se deverá ao facto de o Anticristo querer ser o senhor de todas as coisas e o mestre do universo. Ele realizará milagres e sinais inexplicáveis. Dará também ao homem uma sabedoria capaz de descobrir um modo pelo qual uma pessoa possa ter uma conversa com outra, de um canto ao outro da Terra. Nesse tempo, os homens voarão pelos ares como aves e descerão ao seio do oceano como peixes. E quando se encontrarem em tais circunstâncias, esses infelizes verão suas vidas rodeadas de conforto, sem saber que tudo não passa de um embuste de Satanás. Esse encherá a ciência de vaidade, a tal ponto que ela se afastará do caminho recto, levando as pessoas a perderam a fé na existência de Deus.
(...)
E Deus, infinitamente bom, vendo a decadência da raça humana, abreviará os dias, por amor ao pequeno número dos que deverão ser salvos, porque o inimigo desejaria arrastar até mesmo os eleitos à tentação, se tal fosse possível. Então a espada do castigo virá de repente e derrubará o Corruptor e seus servidores.”

São Gregório Magno (540)

“A Igreja, nos últimos tempos, será espoliada da sua virtude. O espírito profético esconder-se-á, não mais terá a graça de curar, terá diminuta a graça da abstinência, o ensino esvair-se-á, reduzir-se-á, senão desaparecerá de todo o poder dos prodígios e dos milagres. Para o anticristo está se preparando um exército de sacerdotes apóstatas.”

São João Damasceno (770)

“O anticristo reinará de oceano a oceano. Será um filho ilegítimo, sob o poder de Satanás... Deus permitirá que o demónio tome completa posse dele, desde sua pecaminosa concepção.”

Santa Hildegarda (1098)

"O Anticristo reinará por um breve tempo. (...) Apresentar-se-á como Messias enviado por Deus, e os judeus o aceitarão como tal. No entanto, tratará de transformar toda a ordem da Terra. Desprezará as leis e os princípios religiosos para atrair o mundo a si. Concederá total liberdade em relação aos mandamentos de Deus, permitindo que cada um viva ao sabor de suas paixões. Pregará o amor ilícito e destruirá os laços familiares. Afirmará que os pecados e vícios não são nem pecados nem vícios. Precedendo imediatamente o Anticristo, haverá inundações e terramotos."

Bernardo Rembort (1689)

As pessoas se riem de mim, dizendo que sou um pobre jogral. Porém virá o tempo em que as minhas palavras se cumprirão. Os homens se tornarão engenhosos, e farão coisas maravilhosas que os levarão a esquecer-se de Deus.... Seu orgulho os levará a rir-se dos sinais do Céu e não os terão em consideração. Um homem (anticristo) surgirá e despertará o mundo adormecido, golpeando o mundo com voz forte e aos orgulhosos, ele destruirá os sábios. Isso porque o orgulho e a voluptuosidade serão tão grandes que Deus se obrigará a castigar o mundo. Choverá veneno sobre as colheitas, o que trará muita fome aos países, ao ponto de milhares de pessoas atravessarem os oceanos e busca de países mais promissores. Os homens imitarão os pássaros, quererão voar como eles, porém Deus os confundirá como em Babilónia. Vejo também a morte dos profanadores sacrílegos e a ruína dos reis. Terão um castigo muito severo haverem se atrevido a atacar Deus e acreditado que com sua pobre inteligência poderiam romper com os desígnios de Deus Todo Poderoso. Porque levarão o nome de Deus nos lábios, mas esconderão o diabo em seus corações.

 

Santo Afonso Maria de Ligório (1740), Doutor da Igreja. Ver o texto completo em Diversas Profecias   

O Anticristo vai nascer de uma mulher desonesta fora do casamento.

O Anticristo, como uma criança, vai estar cheio de todos os vícios, será desde a infância, de uma forma especial possuído pelo demónio: mas não como os outros possessos, a quem tira o uso da razão e a liberdade, mas enchê-lo-á de malícia, o que fará com que prevaleça sobre os outros jovens. Ele será educado na Babilónia, ou nas vizinhanças; e nascido da mesma linhagem, será alimentada em segredo, para que seja desconhecido das pessoas comuns, o seu nascimento e seus pais. Mal ele acabe de sair da infância vai deixar os pais, e obrigado pelo diabo, espalhará as primeiras sementes da sua doença em Corozaim e Betsaida, para começar a infectar as terras que Cristo começou a santificar antes das outras.

O Anticristo terá o talento de ser perspicacíssimo, e ele propositadamente se aplicará nos estudos, tornar-se-á eloquente e erudito nas ciências; e se dedicará especialmente ao estudo das escrituras para sabê-las de memória; e assim, com a ajuda de seu talento e o diabo, vai enganar as pessoas, e especialmente os judeus, e vai fazê-los pensar, ser ele o Messias prometido. Acima de tudo aplicar-se-á nas artes mágicas, onde com a sua garra e os ensinamentos do diabo, terá sucesso e será um dos encantadores mais solenes, e com o seu prestígio, enganará a muitos, o ímpio, no princípio, fingirá ser um homem santo para ganhar o amor do povo, e especialmente dos judeus. Fará uso de todos os vícios, para que possam ser divulgados em público, depois de ter conquistado o reino. Será superbíssimo, e apropriar-se-á de todas as coisas para a Sua glória, mesmo acima de Deus: no templo de Deus vai levantar a sua estátua para fazer-se adorar por todos. 

O Anticristo dedicar-se-á a fraudes e à rapina, e moído por isso terá sempre cheio o seu erário, e manterá muitos exércitos, extorquindo aos outros príncipes da terra os seus bens, mantendo-os sujeitos a si, será dedicado à imodéstia mais imunda e detestável. Antes de assumir o reino, ele vai ser castíssimo; mas depois de conquistá-lo, vai se abandonar a toda a espécie de lascívia.

Quanto à religião, no princípio, irá revelar-se um amante da lei, especialmente da lei e das cerimónias judaicas, para cativar o deleite dos judeus; mas uma vez elevado à monarquia, desprezará toda a lei e todo acto religioso, e sentar-se-á no templo, como Deus, os demónios sob o disfarce de anjos vão fazer-lhe uma coroa e pretenderão levá-lo ao céu, e, em seguida, trazê-lo de volta à Terra.

O Anticristo, um mágico famoso, ele com os seus feitiços, e com a ajuda do diabo vai enganar muitas pessoas com falsos milagres, O principal dos seus milagres será fazer-se passar por morto e depois ressuscitado. Um dos outros falsos milagres será o de fazer descer fogo do céu. Outro falso milagre, será de fazer falar, por obra do diabo, a estátua de seu escudeiro.

A sua maior preocupação, em seguida, será desprezar Jesus Cristo, ensinando que ele não era o verdadeiro Messias, nem o filho de Deus, ou o redentor da humanidade; para isso vai espalhar por toda parte, que a religião, os preceitos e todos os sacramentos ministrados por Jesus Cristo foram uma mera impostura.

Irá forçar todos a levar na mão ou na fronte a marca que ele ensinou, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele tiver essa marca, ou só mesmo o seu nome ou o número do seu nome, o ímpio quererá que todos tenham na fronte a sua marca, para que deixem de se benzer com a cruz, sabendo que o diabo com o sinal da cruz perde todo o seu poder. Qual será pois esta marca? Outros querem que seja o seu próprio nome de Anticristo; outros que seja a figura do dragão, em quem ele mesmo deve ser adorado; outros dizem outras coisas, mas tudo incerto.

O Anticristo depois que tiver submetido, pela guerra, os reinos do Egipto, Líbia e Etiópia (que se encontra em Daniel, submeterá ao seu império sete outros reis da terra, que serão, então, seus) submeterá ao seu império sete outros reis da Terra, que serão pois os seus aliados, e assim tornar-se-á o monarca do mundo;

O Anticristo depois que tiver submetido, pela guerra, os reinos do Egipto, Líbia e Etiópia submeterá ao seu império sete outros reis da Terra, que serão pois os seus aliados, e assim tornar-se-á o monarca do mundo; Falando sobre a sede do reinado do Anticristo, alguns dizem que será a cidade de Roma, Outros dizem que vai sentar-se no templo de Deus, Este templo de Deus deve significar o templo de Jerusalém, mas este templo dos judeus há muito que foi destruído. O cardeal Gotti pensa que o Anticristo vai colocar primeiro a sua sede na Babilónia e, em seguida, transportá-lo-á para Jerusalém; e esta parece ser a opinião generalizada dos Padres e teólogos, S. Irineu, S. Hipólito, S. Cirilo de Jerusalém e de S. André cesariano; S. Jerónimo diz que seu lugar fixo será no Monte das Oliveiras: Este monte ilustre e santo, diz S. Jerónimo e Teodoro, e todos os outros, que se refere ao Monte das Oliveiras. 

Em suma, a perseguição do Anticristo será a maior que sofreu a igreja até aquele momento. O intento do Anticristo será fazer perder a fé de todos os cristãos, fazendo-se adorar como Deus; e onde ele não vá estar presente, vai erguer sua estátua por meio dos seus sequazes e, especialmente, de um falso profeta que ele terá como seu companheiro (chamado por São João) a segunda besta: Do que nós entendemos que nem todos prevaricarão, mas muitos permanecerão fiéis. Depois, escreve Daniel que na época daquela perseguição (que terá a duração de 1290 dias, ou seja, por três anos e meio, e correctamente três anos e seis meses, como escreve S. Agostinho) vai abolir o sacrifício do altar: Pelo que naquele tempo não se celebrará mais a Missa, mas, apesar disso, o bom fiel não vai deixar de se reunir, como melhor for possível, em lugares secretos e fazer suas orações, e para louvar o Senhor, e também para celebrar algumas Missas secretamente; uma vez que a predição de Daniel, os intérpretes, dizem só se referir às igrejas públicas. E assim explicam o que diz S. João da mulher, subentendendo a igreja, que então se refugiará na solidão.

Falando finalmente da morte do Anticristo, diz-se que o ímpio assim que tiver congregado os seus dois grandes exércitos para dar a ruína final à igreja e a todos os seguidores de Jesus Cristo, em vez de vencer, será vencido e morrerá com os seus soldados. Quando os inimigos de Deus tiverem cercado o acampamento dos cristãos e da cidade de Jerusalém, chamada a cidade dilecta), fogo descerá do céu e os devorará; e o demónio, que os terá seduzido em conjunto com o Anticristo, chamado a besta e o falso profeta seu companheiro serão lançados  para arder para sempre no inferno: ele vendo o massacre dos seus, fugirá desesperado do campo, e irá se esconder em algum esconderijo do Monte das Oliveiras ou de Jerusalém, e que acabará por lhe ser tirada a vida pelas mãos de São Miguel Arcanjo. São Miguel por ordem de Cristo matará o Anticristo com um raio do céu, e o prenderá no inferno.

Morto que seja o Anticristo, os intérpretes dizem que na igreja se vai desfrutar de uma grande Paz, com uma grande acção de graças a Deus por parte dos fiéis. E então será incerto quanto tempo haverá entre a morte do Anticristo até o final de mundo e o dia do Juízo Universal. São Jerónimo e Teodoro com outros teólogos, do texto de Daniel, interpretam que haverão 45 dias; de resto, nesta matéria não se pode estabelecer nada ao certo.

 

Jeanne de Le Royer (1798)

"Quando o tempo dele estiver próximo, uma religião falsa aparecerá (Nova Era), a qual estará contra a unidade de Deus e da Sua Igreja. Isso causará o maior cisma que já se viu. Ao se aproximar o fim dos tempos, mais se estenderão pela terra as trevas de satanás, e maior será o número dos filhos da corrupção.

Terríveis catástrofes sobrevirão e fortes terramotos. Maremotos gigantescos inundarão grande parte da terra, culminando com espessas trevas que cobrirão o mundo inteiro."



O anticristo nas profecias do Arcebispo Fulton Sheen, em 1950

-Fulton Sheen

Arcebispo Fulton J. Sheen

"Nós estamos vivendo nos últimos dias da nosssa época... As duas grandes forças, do Corpo Místico de Cristo e do Corpo Místico do Anticristo, estão começando a desenhar as linhas de batalha para o fim."

"O Falso Profeta terá uma religião sem a cruz. Uma religião sem um mundo vindouro. Uma religião para destruir as religiões.  Haverá uma falsa igreja. A Igreja de Cristo [a Igreja Católica] será uma delas. E o falso profeta vai criar outra. A falsa igreja é mundana, ecuménica e global. Vai ser uma federação de igrejas. E as religiões irão formar um tipo de associação global. Um Parlamento Mundial das Igrejas. Será drenada de conteúdo divino e será o corpo místico do Anticristo. O corpo místico hoje na Terra terá o seu Judas Iscariotes e será o falso profeta. Satanás o assumirá entre os nossos bispos.

O Anticristo não será chamado assim; porque não teria seguidores. Ele não usará calças vermelhas, nem vomitará enxofre, ou usará um tridente ou uma cauda como Mefistófeles em Fausto. Isto é para ajudar o Diabo a convencer as pessoas de que ele não existe. Quando o homem o nega, mais o torna poderoso. Deus se definiu como - "Eu sou quem eu sou", e o Diabo como - "Eu sou quem eu não sou.”

 Em nenhum lugar nas Escrituras, encontramos a descrição do Diabo como um palhaço ... Pelo contrário, é descrito como um anjo caído do céu, como "o príncipe deste mundo", cuja finalidade é convencer-nos de que não há vida eterna. Sua lógica é simples: se não há o céu, também não há inferno; se não há inferno, então não há pecado; se não há pecado, então não há juiz, e se não há nenhum julgamento, então o mal é o bem e o bem é o mal. Mas como vai ele nos convencer da sua religião?

A crença russo pré-comunista (penso que se esteja a referir a Soloviev), é que ele vai se disfarçar como um grande humanista; Ele falará de paz, prosperidade e abundância, não como um meio para levar-nos a Deus, mas como fins em si...

A terceira tentação quando Satanás pediu a Cristo para adorá-lo e todos os reinos do mundo seriam seus, irá tornar-se a tentação de ter uma nova religião, sem uma cruz, uma liturgia, sem um mundo futuro, uma religião para destruir uma religião, ou uma política que é uma religião - que também dá a César as coisas que são de Deus.

No meio de todo o seu amor pela humanidade e seu aparente discurso de liberdade e igualdade, haverá um grande segredo que ele não conta a ninguém: ele não acredita em Deus porque sua religião será uma fraternidade sem paternidade de Deus, ele quer enganar até os escolhidos.  Ele estabeleceu uma contra-igreja que será o macaqueado da Igreja, porque ele, o diabo, é o macaqueador de Deus. Ela terá todas as notas e as características da Igreja, mas em sentido inverso e esvaziada do seu conteúdo divino.  Será um corpo místico de Anticristo que, exteriormente, em tudo lembra o corpo místico de Cristo.

Mas o século XX vai se juntar à igreja porque alega ser infalível quando sua cabeça visível fala ex-cathedra.

 

 

O anticristo nas Mensagens ao Padre Gobbi

327 Padre Gobbi 7 de Junho de 1986 

É o reino que se opõe a Cristo; é o reino do anticristo.

Nesta última parte do vosso século, o reino do anticristo alcançará o vértice da sua força, do seu poder, da sua grande sedução. Prepara-se o momento em que o homem iníquo, que quer se colocar no lugar de Deus, para se fazer ele mesmo adorar como Deus, está para se manifestar em toda sua força.

Padre Gobbi 17 de Junho de 1989

O número da besta: 666

Combatei comigo, pequenos filhos, contra a besta semelhante a um cordeiro, a maçonaria infiltrada no interior da vida eclesiástica para destruir Cristo e a sua Igreja. Para alcançar este objectivo quer construir um novo ídolo, isto é, um falso Cristo e uma falsa Igreja.

A maçonaria eclesiástica recebe ordens e poder das lojas maçónicas e trabalha para conduzir secretamente todos a fazer parte destas seitas secretas.

No capítulo 13 do Apocalipse está escrito: Aqui está a sabedoria. Quem tem inteligência calcule o número da besta: ele representa um nome de homem. E tal número é 666. - Com inteligência, iluminada pela luz divina da sabedoria, consegue-se decifrar no número 666 o nome de um homem e este nome, indicado por tal número, é o do anticristo.

Lúcifer, a antiga serpente, o diabo ou satanás, o dragão vermelho, torna-se nestes últimos tempos, o anticristo.

Já o apóstolo João afirmava que quem nega que Jesus Cristo é Deus, este é o anticristo.

A estátua ou o ídolo, construído em honra da besta, para ser adorado por todos os homens é o anticristo.

Calculai agora o seu número 666, para compreender como ele indica o nome de um homem.

O número 333 indica a divindade.

Lúcifer rebela-se contra Deus por soberba, porque quer colocar-se acima de Deus.

O 333 é o número que indica o mistério de Deus, aquele que quer se colocar acima de Deus leva o sinal de 666, portanto este número indica o nome de lúcifer, satanás, isto é, daquele que se coloca contra Cristo, do anticristo.

O 333 indicado uma vez, isto é, por 1, exprime o mistério da unidade de Deus.

O 333 indicado duas vezes, isto é, por 2, indica as duas naturezas, a divina e a humana, unidas na Pessoa divina de Jesus Cristo.

O 333 indicado três vezes, isto é, por 3 indica o mistério das três pessoas divinas, isto é, exprime o mistério da Santíssima Trindade.

Portanto o número 333, expresso uma, duas e três vezes, exprime os mistérios principais da fé católica, que são: 1º: a Unidade e a Trindade de Deus; 2º: a encarnação, a paixão, a morte e a ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

Se o número 333 indica a Divindade, aquele que se quer colocar acima do próprio Deus é indicado pelo número 666.

O número 666, indicado uma vez, isto é, por 1, exprime o ano 666.

Seiscentos e sessenta e seis.

Neste período histórico, o anticristo se manifesta através do Islão, que nega directamente o mistério da divina Trindade e a Divindade de nosso Senhor Jesus Cristo.

O islamismo, com a sua força militar, se desencadeia por toda a parte, destruindo todas as antigas comunidades cristãs, invade a Europa e só por minha materna e extraordinária intercessão, solicitada fortemente pelo Santo Padre, não consegue destruir completamente a cristandade.

O 666 indicado duas vezes, isto é, por 2, exprime o ano de 1332, mil trezentos e trinta e dois.

Neste período histórico, o anticristo se manifesta com um ataque radical à fé na Palavra de Deus.

Através dos filósofos, que começam a dar um valor exclusivo à ciência e depois à razão, tende-se gradualmente a construir como único critério de verdade somente a inteligência humana. Nascem os grandes erros filosóficos, que continuam nos séculos até os vossos dias.

A importância exagerada dada à razão, como critério exclusivo de verdade, leva necessariamente à destruição da fé na Palavra de Deus.

De facto, com a reforma protestante, se rejeita a Tradição como fonte da Divina Revelação, e se aceita somente a Sagrada Escritura.

Mas, também esta deve ser interpretada por meio da razão, e se rejeita obstinadamente o Magistério autêntico da Igreja hierárquica, à qual Cristo confiou a guarda do depósito da fé.

Cada um é livre para ler e para compreender a Sagrada Escritura, segundo a sua interpretação pessoal.

Desta maneira é destruída a fé na Palavra de Deus.

Obra do anticristo, neste período histórico, é a divisão da Igreja, a consequente formação de numerosas confissões cristãs, que são gradualmente impelidas a uma perda cada vez mais extensa da verdadeira fé na Palavra de Deus.

O número 666 indicado três vezes, isto é, por 3, exprime o ano de 1998, mil novecentos e noventa e oito.

Neste período histórico, a maçonaria ajudada pela maçonaria eclesiástica, conseguirá o seu grande intento: construir um ídolo para colocar no lugar de Cristo e da sua Igreja.

Um falso Cristo e uma falsa Igreja. Portanto, a estátua construída em honra da primeira besta, para ser adorada por todos os habitantes da terra e que assinalará com a sua marca todos aqueles que queiram comprar ou vender, é a do anticristo.

Chegaste assim ao vértice da purificação, da grande tribulação e da apostasia.

A apostasia será então generalizada porque quase todos seguirão o falso Cristo e a falsa Igreja.

Então, será aberta a porta para o aparecimento do homem ou da própria pessoa do anticristo!

Eis, filhos predilectos, porque vos quis iluminar sobre as páginas do Apocalipse, que se referem aos tempos em que viveis.

411 Padre Gobbi 8 de Setembro de 1989 

A marca sobre a fronte e sobre a mão

Estes são os tempos nos quais os partidários daqueles que se opõe a Cristo são assinalados com a sua marca sobre a fronte e sobre a mão.

A marca sobre a fronte e sobre a mão é a expressão de total dependência daquele que é significado por este sinal.

O sinal indica que aquele que é o inimigo de Cristo, isto é, o anticristo, e a sua marca que vem impressa, significa o completo pertencer da pessoa assinalada ao exército daquele que se opõe a Cristo e luta contra o seu divino e real domínio.

A marca é impressa sobre a fronte e sobre a mão.

A fronte indica a inteligência, porque a mente é a sede da razão humana.

A mão exprime a actividade humana, porque é com as suas mãos que o homem opera e trabalha.

Portanto, é a pessoa que está assinalada com a marca do anticristo na sua inteligência e na sua vontade.

Quem se deixa assinalar com a marca sobre a fronte é levado a acolher a doutrina da negação de Deus, da recusa da sua lei, do ateísmo que, nestes tempos, é cada vez mais difundido e propagandeado.

É assim impelido a seguir as ideologias hoje em moda e fazer-se propagador de todos os erros.

Quem se deixa assinalar com a marca sobre a mão é obrigado a agir de maneira autónoma e independente de Deus, ordenando a própria actividade à procura de um bem só material e terreno.

Assim subtrai a sua acção ao desígnio do Pai, que quer iluminá-la e sustentá-la com a sua divina providência; ao amor do Filho que torna a fadiga humana um meio precioso para a sua própria redenção e santificação; ao poder do Espírito Santo que age em toda a parte para renovar interiormente cada criatura.

Aquele que é assinalado com a marca sobre a mão trabalha só para si próprio, para acumular

bens materiais, faz do dinheiro o seu deus e torna-se a vítima do materialismo.

Quem é assinalado com a marca sobre a mão faz do próprio eu o centro de todo o seu agir, olha os outros como objecto para usar e para desfrutar para o proveito próprio e torna-se vítima do egoísmo desenfreado e da falta de amor.

Se o meu adversário assinala, com a sua marca, todos os seus sequazes, chegou o tempo no qual também Eu, vossa Celeste Comandante, assinalo com o Meu sinete materno, todos aqueles que são consagrados ao meu Coração Imaculado e fazem parte do meu exército.

Imprimo sobre a vossa fronte o meu sinete com o sinal santíssimo da Cruz de meu Filho Jesus.

Padre Gobbi 31 de Dezembro de 1992

O quarto sinal é o horrível sacrilégio cometido por aquele que se opõe a Cristo, isto é, pelo anticristo. Entrará no templo santo de Deus e sentar-se-á no seu trono, fazendo-se adorar ele mesmo como Deus.

"Levantar-se-á contra tudo aquilo que os homens adoram e chamam de Deus. O homem ímpio virá com o poder de satanás, com toda a força dos falsos milagres e falsos prodígios. Usará todo género de engano maligno para fazer o mal." (2 Tessalonicenses 2,3-10)

"Um dia vereis no lugar santo aquele que comete o horrível sacrilégio. O profeta Daniel falou sobre isto. Quem lê procure compreender". (Mt. 24,15)

Filhos predilectos, para compreender em que consiste este horrível sacrilégio lede o que foi predito pelo profeta Daniel.

Acolhendo a doutrina protestante se dirá que a Missa não é um sacrifício, mas somente a santa ceia, ou seja, a recordação do que Jesus fez na sua última ceia. E assim será suprimida a celebração da Santa Missa. Nessa abolição do sacrifício quotidiano consiste o horrível sacrilégio cometido pelo anticristo, cuja duração será de aproximadamente três anos e meio, isto é, mil duzentos e noventa dias.

Padre Gobbi 11 de Março de 1995 - Em Fátima

Na Igreja entrará o homem iníquo, que se opõe a Cristo, e que levará ao seu interior o abomínio da desolação, assim dando cumprimento ao horrível sacrilégio do qual falou o profeta Daniel. (Mateus 24,15)

Então, este lugar (Fátima) aparecerá para todos como sinal luminoso da minha presença materna, na hora suprema da vossa grande tribulação.

Daqui a Minha Luz difundir-se-á em toda a parte e desta fonte jorrará a água da divina misericórdia, que descerá para orvalhar a aridez de um mundo, já reduzido a um imenso deserto.

Padre Gobbi em 7 de Junho de 1986

Para serdes protegidos de todos os males, doenças, desgraças, acidentes, seca, terramotos, males incuráveis que se espalham, a divisão e o ódio, a fome e a pobreza, a exploração e a escravidão, a violência, o terrorismo e a guerra, convido-vos a se abrigarem no Refúgio Seguro do Meu Coração Imaculado.

 

O anticristo nas Mensagens ao Juan Antonio Gil

Juan Antonio, revelações pessoais,

 Este homem (o anticristo) foi o produto de uma "relação ilícita" entre um cardeal e uma prostituta, no entanto o seu nível social, e mais tarde o político, não cessará de crescer. Este indivíduo terá verdadeiramente um poder imenso sobre a Terra inteira, mas será de curta duração. O seu poder parecerá ilimitado. Com efeito, ele fará sinais tanto sobre a terra como nos céus, e o mundo acreditará encontrar nele um novo Messias. Sua aparência, em conjunto com o seu carisma, parecerão irresistíveis, a sua inteligência, desproporcional à de um homem ordinário. Ele encontrará soluções para problemas que até então jamais foram solucionados, mas mesmo assim, Maria nos afirma que no fim o Seu Coração Imaculado vencerá, e que no momento menos esperado, quando o homem pensar que tudo está perdido, Seu Divino Filho virá reclamar o que Lhe pertence. O Seu adversário será vencido e lançado no inferno por um longo período, donde ele não poderá mais, sob qualquer forma, molestar o mundo: a Paz de Cristo será então omnipresente.

 

Juan Antonio, revelações pessoais

A obra do diabo sobre a Terra se fará através do anticristo que foi descrito por Maria como uma falsa luz, um falso profeta, um homem que hoje está vivo. Este está inteiramente e perfeitamente possuído e controlado por Satanás, porque Ela disse: «O príncipe das trevas não tem o poder de incarnar neste mundo».

 

 

 

 

O anticristo nas Mensagens a Maria Valtorta

Cad 1943 - 20 de Agosto

Disse Jesus: …

Será pessoa que estará muito alto, num alto como um astro. Não um astro humano que brilhe num céu humano.  Senão um astro de uma esfera sobrenatural, o qual, cedendo à adulação do Inimigo, conhecerá o orgulho depois da humildade, o ateísmo depois da fé, a luxúria depois da castidade, a fome de ouro depois da evangélica pobreza, a sede de honrarias depois da ocultação. 

Será menos espantoso ver cair uma estrela do firmamento que ver precipitar nas espirais de Satanás esta criatura já eleita, a qual copiará o pecado de seu pai de eleição. Lúcifer, por orgulho, se converteu no Maldito e o Obscuro. O Anticristo, por orgulho nesta hora, se converterá no maldito e o obscuro depois de ter sido um astro de meu exército

Como prémio por sua abjuração, que sacudirá os Céus debaixo dum estremecimento de horror e fará tremer as colunas da minha Igreja, no temor que suscitará a sua queda, obterá a ajuda completa de Satanás, que lhe dará as chaves do poço do abismo para que o abra. Mas que o abra de todo, para que saiam os instrumentos de horror que Satanás fabricou durante milénios para levar os homens à total desesperação, de tal modo que, por si mesmos, invoquem a Satanás como Rei e corram ao séquito do Anticristo, o único que poderá abrir de par em par as portas do abismo para fazer sair o Rei do abismo, assim como Cristo abriu as portas dos Céus para fazer sair a Graça e o Perdão, que fazem os homens semelhantes a Deus e Reis de um Reino eterno, no qual Eu sou o Rei dos Reis. 

 

Cadernos de Maria Valtorta de 1943, 27 de Agosto de 1943

Por mais que pareçam confundir-se os períodos no Apocalipse, não é no entanto assim. Seria melhor dizer que se referem a tempos futuros com aparências cada vez mais grandiosas.

Agora *1 estamos no período que eu chamo: dos precursores do Anticristo. Depois virá o período do Anticristo *2 que é o precursor de Satanás: as duas bestas mencionadas no Apocalipse. Será um período pior que o actual. O Mal aumenta cada vez mais. Vencido o Anticristo virá o período de paz *3 para dar tempo aos homens, espantados pelo torpor das sete pragas e da queda da Babilónia, de reunir-se debaixo do meu ensinamento. A época anticristã alcançará o seu ponto álgido na sua terceira manifestação, ou seja, quando ocorra a última vinda de Satanás *4 .

Notas:

*1 - Ano de 1943

*2 - Este Período do anticristo terá início com a sua manifestação, algures entre 2016 e 2017, e terá uma duração de cerca de três anos e meio.

*3 - Este Período de Paz é o prometido em Fátima por Nossa Senhora.

*4 - A última vinda de satanás serão os Três Dias de Trevas, o Armagedon ou o Grande Dia da Batalha do Senhor.

 

Cadernos de Maria Valtorta de 1943, 16 Setembro de 1943

Depois das guerras tremendas trazidas por Satanás à Terra mediante o seu mensageiro tenebroso: o Anticristo, sobrevirá o período da trégua *1 na qual, depois do vos haver mostrado com a prova cruenta de que dons pode ser obreiro Satanás, tratarei de vos atrair, colmando-vos de dons.

A Terra parecerá surgir de uma segunda criação, nova totalmente nos sentimentos que serão de paz e de concórdia entre os povos e de paz entre o Céu e a Terra.

Será o Reino do Espírito. O Reino de Deus que vós pedis - e não sabeis o que pedis porque nunca reflectem no «Pater noster». Onde quereis que venha o Reino de Deus se não for aos vossos corações? *2  é onde deve iniciar-se Meu Reino sobre a Terra. Reino grande, ainda que sempre limitado.

Depois virá o Reino sem confins, *3 nem de terra nem de tempo. O Reino Eterno que fará de vós habitantes eternos dos Céus,

E é então quando chegará o Meu dia grande e terrível. *4 Não um dia de vinte e quatro horas, pois o meu tempo tem outra medida. Chama-se-lhe «dia» porque é durante o dia quando se trabalha e Eu trabalharei naquele tempo.

Levarei a cabo a última selecção dos viventes sobre a Terra que terá lugar no último desencadeamento de Satanás.

É então quando se verá quais têm em si o Reino de Deus e quais têm o de Satanás. Porque estes com  boca, actos e, sobretudo, com coração blasfemo, cometerão os últimos desrespeitos à Minha Lei e os últimos sacrilégios contra Deus, enquanto que os primeiros, os filhos e súbditos do Senhor - no tempo que assolará a Terra a última batalha com um horror indescritível - se agarrarão à Minha Cruz, invocarão o Meu Nome salvífico e a Minha vinda como Juiz não os aterrorizará, antes será o seu gozo, já que os fiéis são os salvos, aqueles a que Joel chama os «resíduos» do Senhor, ou seja, aqueles que permanecerão no Senhor depois da pilhagem de Satanás.

Benditos, benditos, benditos para sempre estes filhos Meus. Deles é o Paraíso eterno. Unidos com os fiéis ao Senhor de todos os tempos, possuirão a Deus cuja posse é a eterna bem-aventurança.

Notas:

*1 - Esta trégua será o tempo de Paz prometido em Fátima por Nossa Senhora. Durante esta trégua, satanás será lançado nas profundezas do inferno de onde não estará autorizado a sair, e por isso, não causará dano à humanidade durante esse período. Este encadeamento de Satanás nas profundezas do inferno deu-se dezenas de vezes ao longo da história da cristandade, tal como descrito na Mística Cidade de Deus da Maria de Jesus de Agreda.

*2 - Esta trégua e Paz será vivida essencialmente nos nossos corações, e daí Jesus ainda considerar que é limitado esse Seu Reino.

*3 - Depois desta trégua virão os Novos Céus e Nova Terra, após os Três Dias de Trevas.

*4 - A narrativa recuou ligeiramente e é descrito o último ataque ou desencadeamento de Satanás contra a humanidade. A última vinda de Satanás serão os Três Dias de Trevas, o Armagedon ou o Grande Dia da Batalha do Senhor.

Paralelamente à actuação do anticristo, haverá um grande homem que se lhe oporá, e que tem sido conhecido ao longo dos tempos como sendo o Grande Monarca, ao qual se associarão muitos dos novos reis da Terra.

 

 Conclusões sobre o Perfil do anticristo  

Tendo em conta tudo o que foi descrito nas profecias sobre o anticristo, nas Revelações Privadas acima apresentadas, podemos traçar o perfil do anticristo ao longo da sua existência, da seguinte maneira:

Foi o produto de uma "relação ilícita" entre um cardeal e uma prostituta. Nota de JB - Se foi uma  relação ilícita, foi mantida em segredo.

Vai nascer de uma mulher desonesta fora do casamento.

A sua concepção será pecaminosa.

Será um filho ilegítimo, sob o poder de Satanás. Nota de JB - Pode querer dizer que foi dado para adopção ilegal ou ter sido trocado por outra criança sem os seus pais o saberem.

Será alimentado em segredo, para que seja desconhecido, das pessoas comuns, o seu nascimento e seus pais. Nota de JB - Este segredo pode envolver diversos estágios da sua vida.

 

Será desde a infância, de uma forma especial, possuído pelo demónio.

Será educado na Babilónia. Nota de JB - Esta Babilónia pode também ser interpretada no sentido Apocalíptico da grande cidade ou sociedade decadente contemporânea.

 

Tornar-se-á eloquente e erudito nas ciências. Nota de JB - Eloquência e formação superior ligada às ciências como engenharia, etc.

Estudará as escrituras para sabê-las de memória.

Aplicar-se-á nas artes mágicas.

 

Vai agradar a todos.

Vai ser amável.

Vai ser calmo.

Irá recusar presentes.

Fingirá ser um homem santo para ganhar o amor do povo.

 

O seu nível social, e mais tarde o político, não cessará de crescer. Nota de JB - Este “não cessará de crescer”, pressupõe um processo longo de ascensão como figura pública, e não como alguém que surge de repente e do nada.

Vai se disfarçar como um grande humanista.

Antes de assumir o reino, ele vai ser castíssimo. Nota de JB - Terá uma vida exemplar, socialmente falando.

Realizará milagres e sinais inexplicáveis.

Será um mágico famoso, ele com os seus feitiços, e com a ajuda do diabo vai enganar muitas pessoas com falsos milagres. O principal dos seus milagres será fazer-se passar por morto e depois ressuscitado. Um dos outros falsos milagres será o de fazer descer fogo do céu. Outro falso milagre, será de fazer falar, por obra do diabo, a estátua de seu escudeiro. Nota de JB - Na verdade, serão truques e aldrabices, tomados pela populaça como sendo milagres.

Depois de ter sido um astro de meu exército se converterá no maldito e o obscuro. Nota de JB - Ter-se-á declarado como Católico durante a sua vida.

Não um astro humano que brilhe num céu humano, mas sim um astro de uma esfera sobrenatural, o qual, cedendo à adulação do Inimigo, conhecerá o orgulho depois da humildade, o ateísmo depois da fé, a luxúria depois da castidade, a fome de ouro depois da evangélica pobreza, a sede de honrarias depois da ocultação.

 

A estas profecias, acrescento que terá à volta de 66 anos, por orgulho, o dobro da idade de Jesus Cristo, aquando da Redenção da raça humana, e da Sua Ressurreição.

Muito provavelmente já será conhecido nas esferas públicas, pois de contrário seria difícil, e pouco provável, a ascensão meteórica que terá nos círculos do poder mundial.

Já que certamente o anticristo milita nas esferas públicas mundiais há bastante tempo, olhando para as personalidades mundiais, e por todos conhecidas, surge um homem que se encaixa muitíssimo bem neste perfil traçado pelos profetas, ao longo da história da humanidade, desde Orígenes ao Arcebispo Fulton Sheen.

Para mantermos o espírito aberto e atento, não cito o seu nome agora…

 

 

http://www.amen-etm.org/Anticristo.htm